Para Paulo Rubem, se confirmada, saída de Tulio Gadelha da disputa no Recife é "decisão lastimável" da cúpula do PDT acostumada a "interesses particulares junto ao PSB"



Pré-candidato do PSOL à Prefeitura do Recife, o ex-deputado Paulo Rubem Santiago lamentou, pelo Instagram, a notícia da retirada da pré-candidatura de Tulio  Gadelha da disputa pela Prefeitura do Recife que, acaso confirmada, seria, segundo o ex-parlamentar, que também teve sua pretensão de disputar a Prefeitura do Recife rifada pelo mesmo PDT, em benefício do então candidato do PSB Geraldo Julio, "mais uma decisão lastimável da cúpula local e nacional do PDT, acostumada aos acordos de gabinete e interesses particulares junto ao PSB em PE."

Leiam a nota completa:

Tulio Gadelha fez parte de minha assessoria quando fui Deputado Federal em 2013 e 2014. Vem ocupando espaços e pautando temas importantes na Câmara Federal. Hoje recebi várias postagens dando conta que o PDT teria rifado sua candidatura para Prefeito do Recife esse ano, optando pela aliança com o PSB. Estou tentando confirmar isso com ele próprio e a assessoria dele em Brasília Sendo verdade a noticia é mais uma decisão lastimável da cúpula local e nacional do PDT, acostumada aos acordos de gabinete e interesses particulares junto ao PSB em PE. Vergonhoso. Seria uma candidatura para um debate sério acerca das contradições e da estúpida situação que faz há anos o Recife ser a capital mais desigual do país. Expresso minha sincera solidariedade a Túlio e aos seus companheiros e companheiras de mandato. Basta de coronéis na política e das decisões políticas como propriedade privada. 



MAIS VISITADAS DO MÊS

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos