Remédio para malária funciona mesmo para o tratamento do coronavírus? Ouça opinião de especialista


Estudos publicados nos últimos dias sugerem que algumas drogas já existentes podem ser promissoras no combate ao Covid-19. Chamados de cloroquina e hidroxicloroquina, os compostos até então utilizados no tratamento de diversas doenças, como malária, amebíase e artrite reumatoide, agora são vistas como possíveis candidatas para conter o novo coronavírus.

As drogas foram testadas em pacientes na China e na Coreia do Sul e ainda estão sendo analisadas por pesquisadores de diversos países.

Para esclarecer este assunto, a Dra. Ludhmila Hajjar, cardiologista especializada em Cardio Oncologia e coordenadora do grupo de Cardio-Oncologia do Instituto do Câncer e do Instituto do Coração, fez um vídeo comentando sobre o uso destas drogas no tratamento do Covid-19.

Assista ao vídeo:


Dra. Ludhmila Hajjar é coordenadora do grupo de Cardio-Oncologia do Instituto do Câncer e do Instituto do Coração, vice-coordenadora da Pós-Graduação da Cardiologia da FMUSP e coordenadora da residência em cardio-oncologia da FMUSP. Exerce atividades diversas de ensino e assistência, é porta-voz da Sociedade Brasileira de Cardiologia, além de ser reconhecida pesquisadora nacional e internacional.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Certidão de Óbito autenticada pelo TJPE atesta morte de morador de Prazeres, em Jaboatão, Pernambuco, por coronavírus, mas SES não o inclui nas estatísticas. Secretaria silencia sobre o caso

URGENTE! Governo de Pernambuco estaria escondendo duas mortes por coronavírus. Denúncia é de policiais civis que trabalham no IML que não teriam equipamentos adequados para autópsia

Pacto Pela Morte: Delegados denunciam ordem do Governo Paulo Câmara que facilita prescrição de crimes, principalmente de homicídios, inclusive com ameaças de perseguições contra quem não aceitar prevaricar

Alunos de escola tradicional do Recife fazem apologia ao Nazismo e instituição solta nota de repúdio

Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ