Trump convoca coletiva para falar de Coronavírus logo após FoxNews confirmar positivo de Bolsonaro, depois negado pelo brasileiro



Logo após a rede de tv americana FoxNews trazer à tona a informação de que o próprio Eduardo Bolsonaro, filho do presidente brasileiro confirmou que o pai testara positivo para Coronavírus, o presidente americano Donald Trump soltou nota pelo Twitter informando a convocação de coletiva de imprensa para as 15 horas.

Trump havia declarado que não estava preocupado com o fato de um membro da comitiva brasileira que o visitou semana passada ter testado positivo para o Coronavírus. O membro em questão é o secretário de Comunicação de Bolsonaro que apresentou sintomas quando ainda estava nos Estados Unidos. Trump afirmou que tivera pouco contato com ele.

Depois da repercussão sobre o teste positivo de Bolsonaro, este correu para o Facebook para desmentir o positivo.

Segundo o correspondente da Fox News, na Casa Branca, John Roberts, Eduardo Bolsonaro, que havia confirmado o positivo, procurou a Fox News para dizer que um segundo teste de Bolsonaro teria dado negativo.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Certidão de Óbito autenticada pelo TJPE atesta morte de morador de Prazeres, em Jaboatão, Pernambuco, por coronavírus, mas SES não o inclui nas estatísticas. Secretaria silencia sobre o caso

URGENTE! Governo de Pernambuco estaria escondendo duas mortes por coronavírus. Denúncia é de policiais civis que trabalham no IML que não teriam equipamentos adequados para autópsia

Pacto Pela Morte: Delegados denunciam ordem do Governo Paulo Câmara que facilita prescrição de crimes, principalmente de homicídios, inclusive com ameaças de perseguições contra quem não aceitar prevaricar

Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ

Direita já se organiza para derrubar Bolsonaro, o louco. Frota protocola impeachment e Janaina decreta: "esse senhor tem que sair"