Trump convoca coletiva para falar de Coronavírus logo após FoxNews confirmar positivo de Bolsonaro, depois negado pelo brasileiro



Logo após a rede de tv americana FoxNews trazer à tona a informação de que o próprio Eduardo Bolsonaro, filho do presidente brasileiro confirmou que o pai testara positivo para Coronavírus, o presidente americano Donald Trump soltou nota pelo Twitter informando a convocação de coletiva de imprensa para as 15 horas.

Trump havia declarado que não estava preocupado com o fato de um membro da comitiva brasileira que o visitou semana passada ter testado positivo para o Coronavírus. O membro em questão é o secretário de Comunicação de Bolsonaro que apresentou sintomas quando ainda estava nos Estados Unidos. Trump afirmou que tivera pouco contato com ele.

Depois da repercussão sobre o teste positivo de Bolsonaro, este correu para o Facebook para desmentir o positivo.

Segundo o correspondente da Fox News, na Casa Branca, John Roberts, Eduardo Bolsonaro, que havia confirmado o positivo, procurou a Fox News para dizer que um segundo teste de Bolsonaro teria dado negativo.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos