Trump convoca coletiva para falar de Coronavírus logo após FoxNews confirmar positivo de Bolsonaro, depois negado pelo brasileiro



Logo após a rede de tv americana FoxNews trazer à tona a informação de que o próprio Eduardo Bolsonaro, filho do presidente brasileiro confirmou que o pai testara positivo para Coronavírus, o presidente americano Donald Trump soltou nota pelo Twitter informando a convocação de coletiva de imprensa para as 15 horas.

Trump havia declarado que não estava preocupado com o fato de um membro da comitiva brasileira que o visitou semana passada ter testado positivo para o Coronavírus. O membro em questão é o secretário de Comunicação de Bolsonaro que apresentou sintomas quando ainda estava nos Estados Unidos. Trump afirmou que tivera pouco contato com ele.

Depois da repercussão sobre o teste positivo de Bolsonaro, este correu para o Facebook para desmentir o positivo.

Segundo o correspondente da Fox News, na Casa Branca, John Roberts, Eduardo Bolsonaro, que havia confirmado o positivo, procurou a Fox News para dizer que um segundo teste de Bolsonaro teria dado negativo.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Microempresas com capital social de R$ 200 mil e R$ 300 mil, alvos da Operação da Deccot, que cumpriu mandados também na Prefeitura do Recife, foram agraciadas com contratos de mais de R$ 18,6 milhões com a Prefeitura do Recife, na pandemia

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: PF faz buscas nas Prefeituras do Recife, Paulista, Cabo e Olinda contra corrupção na pandemia