Wolney visita Ciro no mesmo dia em que Tulio condiciona candidatura a entrega de cargos pelos Queiroz, na Prefeitura do Recife e no Governo de Pernambuco


No mesmo momento em que Tulio Gadelha dava entrevista coletiva, no Recife, quando revelou ter condicionado a manutenção de sua pré-candidatura à Prefeitura do Recife anuma improvável entrega de todos os cargos que seu Partido, o PDT, mantém nas gestões do PSB pernambucano, o deputado federal e presidente estadual do Partido de Tulio postava foto, em Fortaleza, ao lado de Ciro Gomes, que era apontado como uma espécie de padrinho e fiador da candidatura de Gadelha.

Na postagem, feita no perfil de Wolney, no Instagram, o novo líder do PDT na Câmara dos Deputados e aliado de Paulo Câmara e Geraldo Júlio, em Pernambuco, fez questão de destacar que foi ao Ceará visitar Ciro Gomes para ouvir suas orientações e levar um chamado da bancada do PDT ao presidenciável do Partido, que desejariam, segundo Wolney, uma maior aproximação com Ciro.

"wolneyqueiroz 9/3- Na condição de novo líder da nossa bancada, vím ao Ceará fazer uma visita ao nosso presidente Ciro Gomes. Vim ouvir suas orientações e trazer um chamado dos nossos deputados, que desejam uma aproximação ainda maior com ele, sobretudo nesse momento de crise aguda que o Brasil enfrenta. Também deixei um abraço ao senador Cid Gomes, desejando uma breve recuperação e que com a maior brevidade ele possa estar de volta à trincheira. #CiroGomes #PDT #CidGomes #WolneyQueiroz".


A ida de Wolney ao Ceará no mesmo dia em que seu opositor nas disputas internas partidárias dá entrevista condicionando a continuidade de sua candidatura, no Recife, à entrega dos cargos pelo grupo dos Queiroz nas gestoes socialistas, coisa que obviamente não ocorrerá, parece ser mais uma manifestação de poder e influência interna dos politicos caruaruenses que dominam o partido no Estado há mais de vinte anos, além de deixar subentendido que a rifada da candidatura de Gadelha, para que o PDT apoie a candidatura de João Campos, do PSB, à Prefeitura da Capital, contou com o apoio do próprio Ciro Gomes, mais preocupado em consolidar o apoio do PSB à sua própria candidatura à sucessão de Bolsonaro.

Articulistas políticos têm noticiado sobre movimentações conjuntas do PDT,  com PSB, Rede e PC do B, no sentido de isolar o PT no Congresso e na formação de uma frente de esquerda para a próxima eleição presidencial, provavelmente a manobra no Recife já seja consequência da formação dessa frente.

O certo é que as condições impostas por Tulio à direção de seu partido, com a qual já se declarou magoado, nada mais são do que uma saída honrosa para o pedetista, já que é óbvio que os Queiroz, interessados em manter o apoio ao PSB, em Pernambuco, não entregarão os cargos. O resumo da ópera, portanto, do ponto de vista prático, é que o PDT não terá candidato.


MAIS VISITADAS DO MÊS

Certidão de Óbito autenticada pelo TJPE atesta morte de morador de Prazeres, em Jaboatão, Pernambuco, por coronavírus, mas SES não o inclui nas estatísticas. Secretaria silencia sobre o caso

URGENTE! Governo de Pernambuco estaria escondendo duas mortes por coronavírus. Denúncia é de policiais civis que trabalham no IML que não teriam equipamentos adequados para autópsia

Pacto Pela Morte: Delegados denunciam ordem do Governo Paulo Câmara que facilita prescrição de crimes, principalmente de homicídios, inclusive com ameaças de perseguições contra quem não aceitar prevaricar

Empresário que escapou de quarentena e levou covid-19 para sul da BA é filho de uma desembargadora do TJ/CE, ex-conselheira do CNJ

Direita já se organiza para derrubar Bolsonaro, o louco. Frota protocola impeachment e Janaina decreta: "esse senhor tem que sair"