Bolsonaro exonera Valeixo à revelia de Moro. Aliados veem ação desesperada. Tendência é de saída de Moro do governo



O aviso dado, ontem, a Sergio Moro, de que exoneraria o braço direito do ministro da Justiça, dado por Jair Bolsonaro se concretizou na manhã de hoje com a publicação da exoneração de Maurício Valeixo no Diário oficial da União.



Após ser informado da decisão do presidente, Sergio Moro disse que se concretizada, o próprio Moro não contonuaria no cargo.

A exoneração, à revelia de Sergio Moro, a quem o entorno de Bolsonaro tentava convencer a permanecer no cargo, foi recebida com surpresa no Ministério da Justiça. A informação foi dada por assessores de Sergio Moro, há pouco, ao jornalista Valdo Cruslz, da Globonews. Moro esperava, segundo seus assessores, que a exoneração só saísse após a escolha do substituto. Os mesmos assessores revelaram a Valdo Cruz que a tendência é realmente a saída de Moro do Ministério.

Aliados ouvidos pela Globonews viram ato desesperado de Bolsonaro após o STF instaurar inquérito para apurar os atos de ataque às instituições que contaram com a presença do presidente e pelo avanço das investigações sobre a origem e o financiamento das chamadas milícias virtuais bolsonaristas, pois os dois inquéritos apontam para um dos filhos de Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro.

Na impensa, comentaristas veem intenção de aparelhamento da Polícia Federal, com a pretensão de Bolsonaro usar a instituição para proteger aliados e perseguir desafetos.

Associações de Policiais Federais veem com preocupação as movimentações de Bolsonaro para polarizar as ações da Polícia Federal, que teve independência para agir nos últimos governos.


MAIS VISITADAS DO MÊS

São dois, os Secretários de Geraldo Julio, presos pela Polícia Federal, ontem, por desvios em obra da BR 101, ambos indicados por Sebastião Oliveira

Mãe "rica" da "Beira Mar" reclama de escola cearense que coloca seus filhos em aulas on line com crianças de "outro nível". Escola emite nota lamentando discriminação

Com Covid19, Sikêra Jr. chora ao vivo e alerta: "não façam como eu fiz. Não subestimem a doença"

Exclusivo: Deputado Sebastião Oliveira, de Pernambuco foi alvo de buscas e apreensões da PF na Operação Outline. Dois ex-servidores do DER foram presos na manhã de hoje

Com salário líquido de R$ 7,9 mil, Secretário de Geraldo Júlio, preso pela PF por desvios no DER, confessa prática de agiotagem e posse de R$ 1,4 milhão em dinheiro. Prefeitura silencia