Com 13 pacientes internados com suspeita de Covid-19, seis confirmados e uma Enfermeira infectada, Hospital da Unimed Recife III recebe fiscalização do Coren


Com 13 pacientes internados com suspeita de Covid-19, seis confirmados, cerca de 25 profissionais de Enfermagem afastados com síndromes gripais e uma técnica de Enfermagem com confirmação de infecção por Covid, o Hospital Unimed Recife III, recebeu fiscalização do Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco (Coren-PE), hoje (08),para averiguar as denúncias recebidas sobre a fata de EPIs e treinamento para os profissionais de Enfermagem com foco na Covid-19.

Durante a inspeção, realizada pelos conselheiros Andréia Arruda e Robson Lima, foram apuradas a implementação de um plano de contingência, a disponibilização em quantidade suficiente de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), como máscaras cirúrgicas, máscaras N95, capotes impermeáveis, óculos de proteção, toucas e luvas, e a capacitação da equipe de enfermagem para o manejo de pacientes suspeitos e confirmados de Covid-19. “Recebemos a informação de que a equipe de Educação Continuada do hospital está constantemente informando a todos profissionais de Enfermagem do hospital sobre os dados e protocolos atualizados pelas autoridades sanitárias e vimos a disponibilização de cartazes informativos sobre o uso e descarte de EPIs em todos os setores”, destacou a conselheira Andréia Arruda. Ela conta que escutou tanto a coordenação de Enfermagem como vários profissionais do hospital e nos relatos ouvidos as queixas recebidas pela Ouvidoria do Conselho não se confirmaram durante a inspeção no local.

Também foi constatada a existência de uma política de proteção aos profissionais que fazem parte do grupo de risco para o novo coronavírus, onde todos foram transferidos para setores que não prestam assistência a pacientes com queixas respiratórias. Já os profissionais afastados com quadros gripais estão sendo assistidos via teleconsulta. Segundo informação dada pela coordenadora de Enfermagem, Ana Paula Vasconcelos, todos os enfermeiros, técnicos e auxiliares de Enfermagem do Unimed Recife III serão testados para Covid-19. Os testes começariam hoje com os profissionais afastados com queixas respiratórias. Outro dado divulgado pela coordenação da Enfermagem é que o hospital está prestando apoio psicológico aos profissionais afastados e também aos que continuam trabalhando.

Dentro do plano de contingência, a fiscalização do Conselho verificou que foi implementada um pré-triagem na emergência, onde uma enfermeira equipada com gorro, máscara cirúrgica, óculos e avental descartável, faz a classificação dos pacientes com queixas respiratórias e sem queixas. Para os com queixas respiratórias ou síndromes gripais, é entregue uma máscara cirúrgica. Se os casos forem de baixa complexidade, os pacientes com suspeita de Covid-19 são encaminhados para o ambulatório, localizado em outro prédio e que está exclusivo para o atendimento desses casos. Já os com casos que necessitem maiores cuidados, são encaminhados para uma sala isolada no próprio prédio da emergência.

Durante a visita, ainda foi verificado o isolamento do 9º andar do prédio do hospital para o internamento de pacientes suspeitos e confirmados de Covid-19 de baixa complexidade. Já para os casos mais complexos, foram isoladas duas UTI. Os profissionais que trabalham no 9º andar e na UTI, além de trabalharem com todos os EPIs necessários para cada tipo de atendimento, estão utilizando roupas fornecidas pelo próprio hospital e que são lavadas na lavandeira da unidade de saúde, além de receberem as refeições no próprio setor para evitar de transitarem em outras áreas do hospital. Na UTI, ainda, houve a suspensão de visitas para os pacientes que estão com suspeitas ou confirmação de Covid-19. A comunicação com as famílias está sendo realizada via telefone diariamente por um médico.

Fonte: Ascom





Fonte: Ascom | Coren-PE

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos