Em Pernambuco, mais de 30% dos infectados por Covid-19 são profissionais da área de saúde


Foto: Coren
Do Portal de Prefeitura  

O número de profissionais da área de saúde cresceu e já soma 377; a cada 4 infectados no estado um é da área considerada mais importante no combate ao vírus.

Em coletiva de imprensa realizada pelas redes sociais onde participaram o Secretário de Saúde do Estado, André Longo, e o Secretário de Saúde do Recife, Jaílson Correa, foi informado nesta segunda-feria (13), que 377 profissionais de saúde foram infectados pelo Coronavírus em Pernambuco e se encontram afastados de suas atividades. Outros 276 casos foram descartados nestes profissionais. A testagem segue para todos os profissionais de saúde, seja da rede pública, municipal ou privada.

Em números, mais de 30% de casos do Covid-19 são em profissionais de saúde. Uma vez que Pernambuco registra até o momento 1.154 ocorrências do novo coronavírus ou pode se dizer também, que para cada 4 infectados no estado, um é da área considerada mais importante no combate ao vírus.


O secretário André Longo afirmou que a testagem rápida aos profissionais de saúde e segurança será incrementada com a chegada dos 2o mil testes rápidos encaminhados pelo ministério da saúde que deverão seguir a partir dessa terça-feira (14), aos municípios e para as unidades da rede estadual em todas as regiões de saúde. Seguindo uma orientação do ministério da saúde, os testes rápidos só serão realizados nos casos que apresentarem após sete dias os sintomas.

Morte

A técnica de enfermagem Betânia Ramos, que trabalhava no Hospital Getúlio Vargas (HGV), Zona Oeste do Recife, morreu por Covid-19 no último sábado (4). A mulher de 55 anos foi internada no Hospital dos Servidores (HSE) na última quarta-feira (1°) com suspeita do novo coronavírus, tendo resultado positivo na sexta (3). Ela tinha histórico de diabetes, doença renal crônica e pneumonia crônica, e desempenhava funções na área verde da emergência do HGV.

Justiça

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) analisa recurso interposto pelo Sindicato dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco (SEEPE/PE) que solicita o fornecimento de equipamentos de proteção aos profissionais de saúde para o trabalho, em época de disseminação do coronavírus (covid -19). Em decisão, proferida nesta sexta-feira (27/3), o relator do agravo interno, desembargador Jones Figueiredo, determina ao Estado, para no prazo de 48 horas, informar ao Judiciário que medidas estão sendo adotadas quanto ao provimento de itens de proteção individual nas unidades de saúde.

Direito

O Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem de Pernambuco (SATENPE) encaminhou à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), na última quarta-feira (8), o pedido de apreciação para garantir a insalubridade em seu grau máximo, o que corresponde a 40% do salário dos trabalhadores da enfermagem de nível médio que estão atuando na assistência dos pacientes com o coronavírus. A proposta foi acolhida pelo Grupo de Trabalho de Combate ao covid-19.

Pensão Integral

O governador Paulo Câmara propôs à Assembleia Legislativa um projeto de lei concedendo o pagamento de pensão integral aos familiares de servidores da saúde e de outros serviços essenciais, como por exemplo segurança pública, que venham a falecer em consequência do novo Coronavírus.

MAIS VISITADAS DO MÊS

São dois, os Secretários de Geraldo Julio, presos pela Polícia Federal, ontem, por desvios em obra da BR 101, ambos indicados por Sebastião Oliveira

Mãe "rica" da "Beira Mar" reclama de escola cearense que coloca seus filhos em aulas on line com crianças de "outro nível". Escola emite nota lamentando discriminação

Com Covid19, Sikêra Jr. chora ao vivo e alerta: "não façam como eu fiz. Não subestimem a doença"

Exclusivo: Deputado Sebastião Oliveira, de Pernambuco foi alvo de buscas e apreensões da PF na Operação Outline. Dois ex-servidores do DER foram presos na manhã de hoje

Com salário líquido de R$ 7,9 mil, Secretário de Geraldo Júlio, preso pela PF por desvios no DER, confessa prática de agiotagem e posse de R$ 1,4 milhão em dinheiro. Prefeitura silencia