Moro pede demissão após Bolsonaro insistir em aparelhar a Polícia Federal


Os principais portais de notícias nacionais informam que o ministro Sergio Moro, da Justiça, pediu demissão do cargo após ser comunicado pelo presidente Jair Bolsonaro de que trocaria o comando da Polícia Federal, atualmente dirigida por Maurício Valeixo, delegado federal da extrema confiança do Ministro.

Bolsonaro quer indicar um aliado político para blindar seus filhos.

No último dia 20, ao negar o 9. pedido de Flavio Bolsonaro (Republicanos-RJ), para arquivas as investigações de corrupção e lavagem de dinheiro contra o senador, o ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça, afirmou, na decisão, que a quebra de sigilo fiscal e bancária do filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro foi autorizada “em decisões judiciais devidamente fundamentadas” e ainda “no amparo de fortes indícios de materialidade e autoria de crimes”. Na última sexta-feira, Fischer rejeitou o pedido da defesa de Flávio, que pretendia parar a investigação.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos