Moro pede demissão após Bolsonaro insistir em aparelhar a Polícia Federal


Os principais portais de notícias nacionais informam que o ministro Sergio Moro, da Justiça, pediu demissão do cargo após ser comunicado pelo presidente Jair Bolsonaro de que trocaria o comando da Polícia Federal, atualmente dirigida por Maurício Valeixo, delegado federal da extrema confiança do Ministro.

Bolsonaro quer indicar um aliado político para blindar seus filhos.

No último dia 20, ao negar o 9. pedido de Flavio Bolsonaro (Republicanos-RJ), para arquivas as investigações de corrupção e lavagem de dinheiro contra o senador, o ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça, afirmou, na decisão, que a quebra de sigilo fiscal e bancária do filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro foi autorizada “em decisões judiciais devidamente fundamentadas” e ainda “no amparo de fortes indícios de materialidade e autoria de crimes”. Na última sexta-feira, Fischer rejeitou o pedido da defesa de Flávio, que pretendia parar a investigação.

MAIS VISITADAS DO MÊS

São dois, os Secretários de Geraldo Julio, presos pela Polícia Federal, ontem, por desvios em obra da BR 101, ambos indicados por Sebastião Oliveira

Mãe "rica" da "Beira Mar" reclama de escola cearense que coloca seus filhos em aulas on line com crianças de "outro nível". Escola emite nota lamentando discriminação

Com Covid19, Sikêra Jr. chora ao vivo e alerta: "não façam como eu fiz. Não subestimem a doença"

Exclusivo: Deputado Sebastião Oliveira, de Pernambuco foi alvo de buscas e apreensões da PF na Operação Outline. Dois ex-servidores do DER foram presos na manhã de hoje

Com salário líquido de R$ 7,9 mil, Secretário de Geraldo Júlio, preso pela PF por desvios no DER, confessa prática de agiotagem e posse de R$ 1,4 milhão em dinheiro. Prefeitura silencia