Município alvo de pedido de intervenção pelo MPPE já teve 10 secretários de Saúde na atual gestão e já registra óbito por Covid-19



O Blog da Noelia Brito apurou que o Município pernambucano objeto do pedido de intervenção protocolado hoje, 1 de abril, pelo Procurador Geral de Justiça de Pernambuco, Dirceu Barros, já teve dez secretários de Saúde diferentes, desde o início da atual gestão, gerando evidente descontinuidade das ações e caos administrativo.

Para se ter uma ideia, a gestão desse Município,  cujo nome não foi confirmado pelo MPPE, em sua nota, ainda está elaborando o Plano Municipal de Saúde, instrumento que deveria ter sido elaborado  no primeiro ano de gestão e  não no último, já que esse Plano deveria ter nordeado os quatro anos da gestão.

O Ministério Publico constatou que há uma completa falta de planejamento, quebse evidencia pela existência de volumoso saldo em conta dos recursos financeiros da saúde, especialmente quando comparado com a população do Município em questão.

Quase todos os indicadores de vigilância apresentados pelo Programa de Qualificação  das Ações de Vigilância em Saúde (PQA-VS), foram descumpridos. As investigações constataram que apenas um item que não é monitorado no território foi cumprido. De modo que  o município corre o risco de perder 60% dos recursos previstos no programa. 

Nossas fontes revelaram, ainda, que o caos observado na saúde do Município, pela DRACO, pelo MPPE e pelo TCE, que rejeitou todas as prestações de contas do gestor, pode levar a uma elevada propagação da Covid19, sendo que já há registro oficial de óbito recorrência do coronavírus no Município, já que a gestão não demonstra firmeza no combate à pandemia.

Apesar de receber aportes volumosos de recursos, o município não demonstra ter estrutura para combater a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) que se alastra no Estado e na cidade, que vai além dos casos de Covid 19, compreendendo, ainda, outras doenças respiratórias que têm levado a população a óbito, a exemplo da influenza e do H1N1 e tudo em razão da desorganização administrativa que ali campeia.


MAIS VISITADAS DO MÊS

São dois, os Secretários de Geraldo Julio, presos pela Polícia Federal, ontem, por desvios em obra da BR 101, ambos indicados por Sebastião Oliveira

Mãe "rica" da "Beira Mar" reclama de escola cearense que coloca seus filhos em aulas on line com crianças de "outro nível". Escola emite nota lamentando discriminação

Com Covid19, Sikêra Jr. chora ao vivo e alerta: "não façam como eu fiz. Não subestimem a doença"

Exclusivo: Deputado Sebastião Oliveira, de Pernambuco foi alvo de buscas e apreensões da PF na Operação Outline. Dois ex-servidores do DER foram presos na manhã de hoje

Com salário líquido de R$ 7,9 mil, Secretário de Geraldo Júlio, preso pela PF por desvios no DER, confessa prática de agiotagem e posse de R$ 1,4 milhão em dinheiro. Prefeitura silencia