Pernambuco tem 73% das vagas de UTI destinadas às vítimas do coronavírus ocupadas antes mesmo de entrar na fase de "aceleração descontrolada"



Em entrevista coletiva hoje, 6, o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, afirmou que os aumentos no número de casos confirmados nos últimos três dias, de infectados e óbitos por covid-19, estão dentro do esperado: "Estão dentro da previsão porqie estamos caminhando rapidamente para a chamada aceleração descontrolada. Isso é fruto do que fizemos como sociedade há dez, sete dias atrás. Todos devem continuar atentos às medidas de etiqueta respiratória e higiene. O que estamos fazendo hoje será determinante para os próximos 14, 15 dias".

Longo defendeu o isolamento social e disse que Pernambuco se aproxima de forma célere da chamada aceleração descontrolada: "Temos feito avaliações de cenário diariamente. As curvas seriam piores se não tivéssemos adotado as medidas de isolamento social. Pernambuco se aproxima de forma célere da chamada aceleração descontrolada, fase em que os números da epidemia crescem sem controle".

Para o secretário, "Serão dois meses duríssimos para a saúde publica de Pernambuco e para a sociedade pernambucana. Precisamos fazer a nossa parte".

Na mesma entrevista feita pelas Redes Sociais da SES/PE, o secretário André Longo ainda revelou que a taxa de ocupação dos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) no Estado destinados à Covid-19 é de cerca de 73%.

Nas últimas 24 horas, Pernambuco contabilizou mais nove mortes no estado. Agora, já são 30 óbitos e 223 casos da doença.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos