Piada: Acusado de extinguir delegacia que investigava governistas, Paulo Câmara crítica "ameaça de ingerência política nas ações piliciais" de Bolsonaro



Apostando na falta de memória da população,  o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, do PSB, foi ao Twitter para revelar "preocupação" com a "ameaça de ingerência política nas ações pilociais" denunciadas pelo Ministro Sergio Moro, em coletiva na qual o ministro revelou que uma das insatisfações de Bolsonaro com a PF seria com a recusa de Maurício Valeixo, Diretor Geral do órgão, em substituir a delegada federal Carla Patrícia Cintra, na Superintencia  de Pernambuco. 

Carla Patrícia atuou no Governo Paulo Câmara como Corregedora da Secretaria de Defesa Social, cargo que deixou para assumir a Superintendência da PF, em Pernambuco. 

Conforme o Blog revelou mais cedo, bolsonaristas de Pernambuco pressionavam Bolsonaro para substituir Carla Patrícia por ter integrado o governo do PSB.

Mas o que chama atenção mesmo é que essa crítica venha justamente de um governador que foi alvo recente de denúncias da mesma prática que agora afirma preocupá-lo. É corrente em matérias jornalísticas e no meio policial e político que a extinção da antiga Delegacia dos Crimes contra a Administração e Serviços Públicos foi orquestrada para afastar a delegada Patrícia Domingos do comando das investigações de crimes de corrupção em razão de inquéritos e até prisões de aliados do governador, inclusive empresários, deputados, e vereadores, dentre os quais a Casa de Farinha, cujo dono é considerado, pela Polícia Federal, "o homem forte do PSB". Dentre as cidades onde a delegada investigava desvios na merenda escolar praticados por agentes públicos, juntamente com esta empresa, destaca-se a Prefeitura do Recife, governada por Geraldo Julio, candidatíssimo à sucessão do próprio Paulo Câmara, ambos, aliás, investigados em inquéritos pelo MPF e pela Polícia Federal. 



Se a memória do povo é curta, estamos aqui para refrescá-la.



MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos