Polícia prende três suspeitos pelo homicídio de defensor público na Reserva do Paiva.


Os três suspeitos teriam recebido a encomenda para que roubassem um carro do mesmo modelo do pertencente ao defensor público. O caso se assemelharia ao latrocínio que vitimou, em 2017, o estudante de 21 anos, Edvaldo José Valença da Silveira Neto, em Goiana.

Fontes do Blog da Noelia Brito confirmaram a prisão de três elementos, um deles menor de idade, suspeitos de participação no assassinato do Defensor Público aposentado Levi Borges, em frente a um condomínio de luxo na Reserva do Paiva, Cabo de Santo Agostinho, em Pernambuco.

De acordo com nossas fontes, apesar da suspeita inicial de que se trataria de um "crime de mando", a Polícia Civil de Pernambuco trabalha com uma nova linha de investigação. O crime teria sido um latrocínio, que é o roubo seguido de morte. Os criminosos seriam ladrões de carros que receberam a encomenda de um veículo igual ao da vítima, uma Toyota SW4, considerado o carro mais valioso no mercado paralelo de carros roubados, chegando a valer R$ 30 mil.  

Os disparos teriam sido efetuados por um menor de idade que foi apreendido na tarde de hoje. Os outros dois suspeitos foram presos por uma viatura descaracterizada, da Polícia Civil, quando trafegavam na Av. Boa Viagem, área nobre do Recife, nas proximidades da Padaria Boa Viagem.

Nas imagens registradas pelas câmeras do condomínio é possivel observar que o autor dos diaparos entra no veículo, como se fosse levá-lo, mas depois sai, ao perceber que havia uma mulher no banco do passageiro. 

A prisão dos supeitos contou com o apoio de policiais militares e da Guarda Civil Metropolitana do Recife.

Ainda segundo nossas fontes, para chegar aos suspeitos, a Polícia levantou os celulares que circularam na região onde o crime aconteceu, no horário do homicídio e seguiram monitorando seu deslocamento.

Pelo Whatsapp, circulam várias imagens dos suspeitos no momento em que eatavam sendo detidos pela Polícia e pela Guarda Municipal.

O crime se assemelharia ao latrocínio que vitimou, em 2017, o estudante de 21 anos, Edvaldo José Valença da Silveira Neto, que foi morto por dois assaltantes quando parou o carro que dirigia, um Jeep Renegade, em um semáforo na Avenida Marechal Deodoro da Fonseca, Centro de Goiana. De acordo com a Polícia Civil, na época, De acordo com a polícia, o roubo do carro de Edvaldo foi encomendado de dentro do presídio de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife (RMR) por um detento acusado de tráfico de drogas, roubo e clonagem de veículos. O modelo do carro de Edvaldo era uma encomenda e seria trocado por drogas no estado da Paraíba.

Desde cedo, o Blog tenta contato com a assessoria da Polícia Civil para que se pronunciem sobre a operação, mas até o momento desta publicação não obteve resposta.

MAIS VISITADAS DO MÊS

São dois, os Secretários de Geraldo Julio, presos pela Polícia Federal, ontem, por desvios em obra da BR 101, ambos indicados por Sebastião Oliveira

Mãe "rica" da "Beira Mar" reclama de escola cearense que coloca seus filhos em aulas on line com crianças de "outro nível". Escola emite nota lamentando discriminação

Com Covid19, Sikêra Jr. chora ao vivo e alerta: "não façam como eu fiz. Não subestimem a doença"

Juiz faz Inspeção nas unidades de saúde para Covid-19, de Pernambuco, e oficia MPPE e MPF, para que investiguem possíveis crimes na ocorrência de óbitos por falta de UTIs no Estado que até hoje não explicou com o que gastou R$ 9,7 bilhões recebidos do SUS e repassados a OSs

Exclusivo: Deputado Sebastião Oliveira, de Pernambuco foi alvo de buscas e apreensões da PF na Operação Outline. Dois ex-servidores do DER foram presos na manhã de hoje