Pré-candidato a prefeito pelo PSOL é morto com tiros na nuca no Rio Grande do Norte



O deputado estadual Sandro Pimentel, do PSOL/RN, divulgou nota em que aponta oncrime como de natureza política 

O pré-candidato a prefeito de Janduis/RN, o empresário Netinho de Nilton, filiado ao PSOL, foi morto a tiros, na manhã deste sábado, 11, numa estrada de acesso à Fazenda Estrela, que  o político e empresário havia acabado de comprar, na região entre as cidades de Janduis e Campo Grande.

Segundo o Portal Mossoró Hoje, o crime teria ocorrido por volta das 9 horas, quando a vítima estava se dirigindo a Fazenda Estrela, para conhecer a propriedade. No caminho, ele teria sido executado a tiros. “Teve tiro na nuca”, disse o Cabo Valdir,  que é o comandante do destacamento da PM de Janduis, ao Portal de notícias potiguar.

O PM ainda contou que a propriedade onde aconteceu o crime fica no território de Campo Grande e que a polícia só conseguiu chegar ao local por volta de 11h30 3m rrazão das dificuldades para encontrar o local.

O Mossoró Hoje conta, ainda, que a vítima era empresário pecuarista e tinha empresas que prestavam serviços a Prefeitura, na área de construção civil e também limpeza urbana e era o nome indicado pelo ex-prefeito Salomão Gurgel para disputar a Prefeitura Municipal de Janduis. 

Deputado Estadual do PSOL divulga nota e acusa crime político.

O deputado estadual pelo PSOL, no RN, Sandro Pimentel, divulgou nota em que sustenta que o crime teria conotações políticas:

*TRISTE NOTÍCIA CRIME POLÍTICO* Acabaram de assassinar Netinho, nosso pré candidato a prefeito em Janduis do MES/PSOL. Estava à frente em todas as pesquisas, com cerca de 48%, enquanto o segundo lugar aparecia com 12%. Algo semelhante aconteceu em 2012. Nosso companheiro chegava na sua fazenda quando foi cercado por assassinos armados com armas calibre 12 e dispararam várias vezes, deixando seu carro crivado de perfurações, sem nenhuma chance de reação. Janduís é uma terra muito perigosa para quem ousa enfrentar o sistema podre da direita. Esse crime político não ficará impune, vamos repercutir nos 4 cantos do Brasil. Mais um assassinato político para calar a voz do PSOL, mas não conseguirão. Muito triste! Perdemos mais um grande camarada, um cara do bem, um trabalhador que construiu sua vida com muita dedicação, com muito suor. A cidade está em silêncio e muitas pessoas chorando nesse momento, ele era muito querido pela população. Ninguém calará o nosso grito, podem até nos tirar um, dois ou dez, mas mil se levantarão. Nossos sentimentos a todos os seus familiares. Netinho, presente! *Dep Estadual Sandro Pimentel*

MAIS VISITADAS DO MÊS

São dois, os Secretários de Geraldo Julio, presos pela Polícia Federal, ontem, por desvios em obra da BR 101, ambos indicados por Sebastião Oliveira

Mãe "rica" da "Beira Mar" reclama de escola cearense que coloca seus filhos em aulas on line com crianças de "outro nível". Escola emite nota lamentando discriminação

Com Covid19, Sikêra Jr. chora ao vivo e alerta: "não façam como eu fiz. Não subestimem a doença"

Exclusivo: Deputado Sebastião Oliveira, de Pernambuco foi alvo de buscas e apreensões da PF na Operação Outline. Dois ex-servidores do DER foram presos na manhã de hoje

Com salário líquido de R$ 7,9 mil, Secretário de Geraldo Júlio, preso pela PF por desvios no DER, confessa prática de agiotagem e posse de R$ 1,4 milhão em dinheiro. Prefeitura silencia