Sergio Moro revela que Bolsonaro queria substituir a superintendente da PF, em Pernambuco

Pressões para substituir a delegada federal Carla Patrícia Cintra da Superintendência da PF em Pernambuco foram citadas por Moro que uma das ingerências políticas de Bolsonaro na Corporação


Dentre as interferências relatadas por Sergio Moro, pretendidas por Bolsonaro, o agora ex-ministro revelou que o presidente pressionava para que fosse substituída a Superintendente Tegional em Pernambuco, a delegada da Polícia Federal, Carla Patricia, que até assumir a cúpula local da PF, ocupava o cargo de Corregedora da Secretaria de Defesa Social no Governo Paulo Câmara.

O Blog apurou que as pressões para a saída de Carla Patricia do cargo eram levadas a Bolsonaro pelo Coronel Meira e por Gilson Machado, representantes do Aliança Pelo Brasil no Estado. Meira já integrou o governo do PSB e agora faz oposição.

Além disso,  Bolsonaro queria receber relatórios de inteligência dos inquéritos em tramitação no Supremo, que investiram crimes atribuídos aos filhos de Bolsonaro, envolvendo fake news contra autoridades e Poderes e contra a democracia.

Por sua assessoria de Comunicação, a Superintendência da Polícia Federal, em Pernambuco disse que não irá se pronunciar sobre a troca de comando da PF e nem sobre ad declarações de Sergio Moro.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos