Vereador denuncia alimentos vencidos em Camaragibe. Prefeitura nega e contra ataca: " Quer fazer uso político da pandemia


Foto: assessoria do vereador Toninho

Uma denúncia do vereador de Camaragibe, Antônio Oliveira (PP), mais conhecido como Toninho, de que a prefeitura dancidade teria deixado alimentos venceram.

“Recebi a denúncia e fui pessoalmente averiguar como parte do meu trabalho de vereador. Ao chegar à creche municipal, no bairro do Timbí, em Camaragibe, pude constatar a denúncia. Os produtos, como feijão, estavam estocados no chão, na porta do banheiro, com validade do dia três de março. Já outros produtos, como bolacha, estavam com validade próxima de encerrar, para o dia 28 de abril. Todos esses produtos foram adquiridos com recursos federais, é dinheiro público jogado fora, e não utilizado, principalmente neste período de crise econômica e de saúde, em que muitas famílias passam por necessidade”, disse Toninho.

Ao Blog, a Prefeitura de Camaragibe esclareceu que uma equipe criada para montagem dos kits de alimentos a serem distribuídos já havia detectado alguns ítens vencidos, mas que, prontamente, foram separados e notificada a empresa fornecedora, por meio do ofício 024/2020, para substituição dos referidos itens. 

A Prefeitura afirma que não houve dano ao erário, portanto.

A gestão de Camaragibe ainda esclareceu que os poucos itens teriam seu consumo dentro da validade, que seria 31 de março e que após a decretação da suspensão das aulas, a Seduc continuou a fornecer alimentação para as crianças que quisessem. Contudo, o Governo do Estado para frear o avanço da pandemia restringiu em dez pessoas o limite de ajuntamento; logo tornou-se inviável a continuidade da ação

"A Vigilância Sanitária também já fez uma vistoria nos kits e autorizou a distribuição após serem cumpridas recomendações de melhor acondicionamento dos produtos. A divulgação do episódio está sendo feita pelo ex-presidente da Câmara de Vereadores. Como de praxe em sua atuação, o parlamentar quer utilizar essa pandemia do coronavírus para se promover politicamente em um momento onde as pessoas estão fragilizadas e inseguras. A prefeitura rechaça veementemente tal comportamento. Apesar de dizer que esteve in loco, o vereador denunciante não esteve lá. Feito esses esclarecimentos, a Prefeitura de Camaragibe se coloca à disposição e reforça sua postura firme no combate ao coronavírus".


MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos