Vídeo de hospital do AM mostra ala cheia de cadáveres ao lado de pacientes com Covid-19

O Amazonas registrou mais 165 casos e 18 óbitos nas últimas 24h. Com isso, o estado chegou nesta quinta-feira (16) a 1.719 registros do novo coronavírus, com 124 mortos. Foto: Folhapress
No vídeo, são mostrados dez cadáveres em sacos mostruários pu sob cobertas e 11 pacientes, alguns dos quais aparecem na mesma sala em que os corpos das vítimas de Covid-19 estão armazenados.

A Folha de São Paulo divulgou um vídeo, em matéria de Fabiano Maisonnave, gravado no hospital estadual João Lúcio, em Manaus, que mostra corredores e salas com corpos à espera de remoção ao lado de pacientes e macas no chão.

No vídeo, são mostrados dez cadáveres em sacos mostruários pu sob cobertas e 11 pacientes, alguns dos quais aparecem na mesma sala em que os corpos das vítimas de Covid-19 estão armazenados.

O local das imagen, segundo a Folha, foi corroborado por três fontes independentes. Além disso, é possível ver o nome do hospital em dois avisos afixados em macas. Uma das fontes indicou que o vídeo foi gravado nesta quarta-feira (15).

No final da manhã desta quinta, a reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do governador Wilson Lima (PSC) solicitando esclarecimentos sobre o teor do vídeo, mas não houve resposta até a publicação da matéria.

Desde a semana passada, quando houve uma troca de secretários de Saúde, o governo do Amazonas parou de divulgar a taxa de ocupação das suas UTIs. Nesta semana, o Ministério Público Federal e o Ministério Público Estadual entraram com uma ação na Justiça Federal para assegurar a divulgação de dados sobre a epidemia pelo governo estadual, revela, ainda, a reportagem.

MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos