Delegada Patrícia Domingos diz que vê com entusiasmo operação da PF na Prefeitura do Recife: "O prefeito Geraldo Júlio parece empenhado em transformar a nossa "Capital do Nordeste" na capital dos escândalos"

Foto: Junior Santos 

A delegada Patrícia Domingos, que é pré-candidata à Prefeitura do Recife, pelo Podermos, divulgou nota que em afirma qur "O prefeito Geraldo Júlio parece empenhado em transformar a nossa 'Capital do Nordeste' na capital dos escândalos."

 Dia após dia, afirma Patrícia, "a população assiste atônita às infindáveis denúncias sobre as contratações irresponsáveis efetuadas pela Prefeitura do Recife, que vão de respiradores comprados em loja de produtos veterinários, testados apenas em porcos, a contratações com empresas suspeitas de serem fantasmas."

A delegada destaca que tem "realizado intenso trabalho de fiscalização e denúncia dessas atrocidades" e que hoje recebeu "com grande entusiasmo a notícia de que uma operação da Polícia Federal está investigando um dos fatos que denunciei."

A delegada ainda afirma que torce "para que essa investigação seja concluída e os culpados sejam severamente punidos pelos seus atos, já que demonstram total desprezo pela população recifense, que ainda hoje chora por tantas vidas perdidas enquanto o dinheiro público é utilizado de forma indevida."

"Parabenizo a Polícia Federal, o Ministério Público Federal e o Ministério Público de Contas pelo incansável e irretocável trabalho de combate à corrupção", finaliza a delegada, que desbaratou o esquema da máfia da merenda comandado pela Casa de Farinha, em Pernambuco.


MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos