Empresas que montaram palcos e iluminação para o Carnaval de Olinda denunciam que até hoje não foram pagas. Prefeitura diz que negocia com a EMPETUR liberação de verba para honrar contratos


Cerca de 14 mpresas que prestaram serviços de montagem de palcos, imuninacao e serviços congêneres para a Prefeitura de Olinda denunciam que até hoje não receberam os pagamentos pelos serviços prestados e que com a pandemia estão enfrentando dificuldades para honrar compromissos.
O Blog entrou em contato com a Prefeitura que confirmou a dívida e disse estar buscando uma solução junto a EMPETUR: "
A Prefeitura de Olinda reforça o compromisso de fomentar a cultura e toda cadeia produtiva que dela depende. Neste momento de pandemia de Covid-19, o novo coronavírus, que impõe graves desafios para todos, sobretudo para as prefeituras, o Poder Municipal está em tratativa com a Empetur no intuito de liberar verba para que todos sejam pagos. A Prefeitura de Olinda garante que todos que assinaram contrato e prestaram o serviço durante o Carnaval receberão os valores acertados."

MAIS VISITADAS DO MÊS

Exclusivo: Polícia Civil de Pernambuco prende maior estelionatário do Nordeste. Hacker, que estava foragido, foi preso pela Delegacia do Cordeirro. Golpes ultrapassam a casa dos R$ 100 milhões

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: PF faz buscas nas Prefeituras do Recife, Paulista, Cabo e Olinda contra corrupção na pandemia