Empresas que montaram palcos e iluminação para o Carnaval de Olinda denunciam que até hoje não foram pagas. Prefeitura diz que negocia com a EMPETUR liberação de verba para honrar contratos


Cerca de 14 mpresas que prestaram serviços de montagem de palcos, imuninacao e serviços congêneres para a Prefeitura de Olinda denunciam que até hoje não receberam os pagamentos pelos serviços prestados e que com a pandemia estão enfrentando dificuldades para honrar compromissos.
O Blog entrou em contato com a Prefeitura que confirmou a dívida e disse estar buscando uma solução junto a EMPETUR: "
A Prefeitura de Olinda reforça o compromisso de fomentar a cultura e toda cadeia produtiva que dela depende. Neste momento de pandemia de Covid-19, o novo coronavírus, que impõe graves desafios para todos, sobretudo para as prefeituras, o Poder Municipal está em tratativa com a Empetur no intuito de liberar verba para que todos sejam pagos. A Prefeitura de Olinda garante que todos que assinaram contrato e prestaram o serviço durante o Carnaval receberão os valores acertados."

MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos