Investigado pela PF, Eduardo Bolsonaro chama Moro de espião



Alvo de um inquieto da Polícia Federal que investiga o uso de dinheiro público para financiar ameaças e fake news contra autoridades públicas e instituições, Eduardo Bolsonaro foi hoje ao Twitter chamar Sergio Moro de espião.

O ex-ministro depôs ontem por mais de oito horas em um outro inquérito da PF que investiga a tentativa do pai de Eduardo, Jair Bolsoanro, de aparelhamento da Polícia Federal para blindar os três filhos que são alvos de investigações por crimes que vão desde peculato (rachadinhas) a lavagem de dinheiro das milícias do Rio de Janeiro, passando por ameaças e propagação de fake news contra opositores.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos