Investigado pela PF, Eduardo Bolsonaro chama Moro de espião



Alvo de um inquieto da Polícia Federal que investiga o uso de dinheiro público para financiar ameaças e fake news contra autoridades públicas e instituições, Eduardo Bolsonaro foi hoje ao Twitter chamar Sergio Moro de espião.

O ex-ministro depôs ontem por mais de oito horas em um outro inquérito da PF que investiga a tentativa do pai de Eduardo, Jair Bolsoanro, de aparelhamento da Polícia Federal para blindar os três filhos que são alvos de investigações por crimes que vão desde peculato (rachadinhas) a lavagem de dinheiro das milícias do Rio de Janeiro, passando por ameaças e propagação de fake news contra opositores.

MAIS VISITADAS DO MÊS

São dois, os Secretários de Geraldo Julio, presos pela Polícia Federal, ontem, por desvios em obra da BR 101, ambos indicados por Sebastião Oliveira

Mãe "rica" da "Beira Mar" reclama de escola cearense que coloca seus filhos em aulas on line com crianças de "outro nível". Escola emite nota lamentando discriminação

Com Covid19, Sikêra Jr. chora ao vivo e alerta: "não façam como eu fiz. Não subestimem a doença"

Juiz faz Inspeção nas unidades de saúde para Covid-19, de Pernambuco, e oficia MPPE e MPF, para que investiguem possíveis crimes na ocorrência de óbitos por falta de UTIs no Estado que até hoje não explicou com o que gastou R$ 9,7 bilhões recebidos do SUS e repassados a OSs

Exclusivo: Deputado Sebastião Oliveira, de Pernambuco foi alvo de buscas e apreensões da PF na Operação Outline. Dois ex-servidores do DER foram presos na manhã de hoje