Morre de covid-19 secretário que ordenou Massacre de Eldorado dos Carajás



Publicado por Kiko Nogueira no DCM


Paulo Celso Pinheiro Sette Câmara morreu no domingo, dia 10, vítima da covid-19.

Estava internado havia dez dias no Hospital da Amazônia e acabou não resistindo.

Foi sob sua orientação que em 1986 foram instituídos, no Pará, o Sistema Integrado Estadual de Segurança Pública e Defesa Social e o Conselho de Segurança Pública do Meio Norte, dos quais foi presidente.

Recebeu duas comendas, uma delas em 2019.

Em 1996, Sette Câmara foi protagonista do Massacre de Eldorado do Carajás, em que dezenove sem-terra foram assassinados no sul do estado.

O caso aconteceu durante o governo de Almir Gabriel e a ordem para a chacina partiu de Sette Câmara, então Secretário de Segurança.

Confessou que autorizara “usar a força necessária, inclusive atirar”.

De acordo com os sem-terra ouvidos pela imprensa, os policiais chegaram lançando bombas de gás lacrimogêneo.

Segundo o legista Nelson Massini, pelo menos dez vítimas foram executadas à queima-roupa e sete lavradores foram mortos com foices e facões.

Não foi nem sequer arrolado no processo.

Em 2011, virou assessor jurídico-administrativo do TRT-8ª Região. Em 2019, recebeu duas comendas.

Na campanha, Bolsonaro foi à Curva do S, um trecho da BR-155, cenário da carnificina, onde discursou em defesa da libertação dos PMs condenados a 228 anos de prisão.

“Quem tinha que estar preso era o pessoal do MST, gente canalha e vagabunda. Os policiais reagiram para não morrer”, discursou em frente a troncos de castanheiras queimados que marcam o lugar.

MAIS VISITADAS DO MÊS

São dois, os Secretários de Geraldo Julio, presos pela Polícia Federal, ontem, por desvios em obra da BR 101, ambos indicados por Sebastião Oliveira

Mãe "rica" da "Beira Mar" reclama de escola cearense que coloca seus filhos em aulas on line com crianças de "outro nível". Escola emite nota lamentando discriminação

Juiz faz Inspeção nas unidades de saúde para Covid-19, de Pernambuco, e oficia MPPE e MPF, para que investiguem possíveis crimes na ocorrência de óbitos por falta de UTIs no Estado que até hoje não explicou com o que gastou R$ 9,7 bilhões recebidos do SUS e repassados a OSs

Respiradores comprados pela Prefeitura do Recife a empresa veterinária só foram testados em porcos. Confiram os vídeos

Exclusivo: Deputado Sebastião Oliveira, de Pernambuco foi alvo de buscas e apreensões da PF na Operação Outline. Dois ex-servidores do DER foram presos na manhã de hoje