Número 2 da PF, durante a gestão de Valeixo, vai comandar inteligência e segurança das eleições municipais, deste ano, como assessor de Barroso, no TSE


Disney Rosseti, que atuou como diretor-executivo da Polícia Federal, durante a gestão de Maurício Valeixo, cuja exoneração, por Bolsonaro, resultou na saída de Sergio Moro, do Ministério da Justiça, será assessor de segurança e inteligência do próximo presidente do TSE, Luis Roberto Barroso.

Barroso assume a presidência do TSE no próximo dia 25 de maio e levará com ele Disney Rosseti, que chegou a ser indicado por Sergio Moro para suceder Valeixo, mas teve o nome rejeitado por Bolsonaro, que queria a nomeação do delegado Alexandre Ramagem, próximo a sua família.

As informações são da Crusoé.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos