Advogado da família Bolsonaro mantinha Fabrício Queiroz escondido em seu sítio em Atibaia


Frederick Wassef, advogado da família Bolsonaro e que é frequentador assíduo da residência oficial do presidente Bolsonaro, é o dono do sítio em Atibaia, onde a Polícia Civil de São Paulo em operação conjunta com o Ministério Público do Rio de Janeiro conseguiu localizar e prender o ex-assessor e arrecadador de "rachadinhas" do senador Flavio Bolsonaro.

Dentre os integrantes do gabinete do então deputado estadual estavam vários parentes de milicianos integrantes do grupo de extermínio conhecido como Escritório do Crime.

Segundo os executores do mandado de prisão, Queiroz parecia viver como uma espécie de refém do esquema criminioso comandado pelos Bolsonaro.

Wassef estava ontem na posse do novo ministro das Comunicações, do Centrão.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Exclusivo: Polícia Civil de Pernambuco prende maior estelionatário do Nordeste. Hacker, que estava foragido, foi preso pela Delegacia do Cordeirro. Golpes ultrapassam a casa dos R$ 100 milhões

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: PF faz buscas nas Prefeituras do Recife, Paulista, Cabo e Olinda contra corrupção na pandemia