Hospital de Campanha dos Coelhos funciona com apenas 35% dos leitos de UTI previstos. Unidade tem 5 respiradores quebrados, aponta SIMEPE


O Sindicato dos Médicos de Pernambuco realizou mais uma fiscalização no Hospital de Campanha dos Coelhos, montado pela Prefeitura do Recife para o combate ao coronavírus.

Após mais de um mês da primeira visita feita pelo Sindicato dos Médicos de Pernambuco ao Hospital Provisório Recife II, a entidade sindical afirma que os problemas encontrados ainda perduram, prejudicando a população.

A constatação foi feita em visita na tarde desta quarta-feira (03/06), com a presença da presidente do Simepe, Claudia Beatriz, e do secretário geral da entidade, Tadeu Calheiros. 

Em 30 dias, diz o SIMEPE, nada mudou e a unidade segue funcionando apenas com 35% dos leitos de UTI planejados, indo na contramão da publicidade amplamente feita pela Prefeitura do Recife.

"Além disso, outro dado alarmante é que mais da metade do quadro de médicos foi contratado por meio de vínculos de Pessoa Jurídica, o que representa uma clara precarização das relações de trabalho impostas pela PCR", denuncia a entidade.

"Atualmente, essa unidade tem apenas 35 leitos aptos para admissão de pacientes, quando deveria ser 100 leitos. Além disso, há 05 leitos com respiradores quebrados, que somando-se a não abertura dos demais leitos, acabam deixando o paciente aguardando em lista de espera por leitos de UTIs sem a assistência adequada", denuncia, ainda, o Simepe, que tem um canal para denúncias: "O Simepe está alerta e fiscalizando as unidades de saúde do Recife. A entidade vai intensificar ainda mais a cobrança pela abertura adequada dos leitos prometidos e pelo respeito ao trabalho dos médicos que atendem à rede municipal. O Sindicato destaca ainda que os médicos devem continuar denunciando, pois essas informações são fundamentais para que a entidade siga em fiscalização identificando os locais com problemas e lutando para as melhorias de condições de trabalho e assistência. Para fazer a denúncia, acesse: simepe.org.br/Covid-19".

MAIS VISITADAS DO MÊS

Exclusivo: Polícia Civil de Pernambuco prende maior estelionatário do Nordeste. Hacker, que estava foragido, foi preso pela Delegacia do Cordeirro. Golpes ultrapassam a casa dos R$ 100 milhões

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Microempresas com capital social de R$ 200 mil e R$ 300 mil, alvos da Operação da Deccot, que cumpriu mandados também na Prefeitura do Recife, foram agraciadas com contratos de mais de R$ 18,6 milhões com a Prefeitura do Recife, na pandemia