Prefeitura de Petrolina diz que Governo de Pernambuco descumpriu acordo sobre reabertura do comércio

     Foto: Prefeitura de Petrolina (Instagram)

A Prefeitura de Petrolina emitiu nota em que justifica as medidas para a reabertura do comércio e destaca que havia formalizado um acordo com o governo de Pernambuco para implantação das medidas, mas que o governador descumpriu o ajuste.

Há pouco publicamos que o desembargador Adalberto Oliveira havia considerado que não há urgência no pedido do MPPE para que fosse suspenso o decreto de Petrolina, numa ação direta de inconstitucionalidade peomovida pelo Procurador Geral de Justiça Dirceu Barros.

SEGUE A NOTA 

A Prefeitura de Petrolina vai aguardar o posicionamento oficial do Tribunal de Justiça sobre o pedido do Ministério Público de Pernambuco. Até o momento, o município segue com o plano de reabertura gradual do comércio, que será reavaliado a cada 15 dias, conforme anunciado e publicado no Decreto Municipal 37, do dia 29 de maio. A prefeitura reforça que o comércio foi reaberto com diversas normas restritivas após acordo diretamente com o governador do Estado. Todo o processo foi realizado com base no diálogo com as instituições de saúde, governo estadual, Ministério Público, entre outros. Lamentavelmente, o Estado não respeitou o acordo feito com o município, de permitir a flexibilização regional diante de um cenário mais controlado no Sertão do que em outros municípios pernambucanos. Sendo assim, a posição da prefeitura é aguardar os encaminhamentos judiciais. O município reafirma, por fim, que a flexibilização tem sido tratada primeiramente com respeito aos aspectos de saúde pública, de forma responsável e deixando claro que as medidas poderão ser alteradas caso o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus aponte a necessidade de novo isolamento social. A prioridade é a vida das pessoas, mas diante de um quadro que hoje permite a flexibilização, o município entende ser possível reabrir aos poucos, a fim de evitar um maior agravamento da situação econômica e social dos moradores da nossa cidade.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Exclusivo: Polícia Civil de Pernambuco prende maior estelionatário do Nordeste. Hacker, que estava foragido, foi preso pela Delegacia do Cordeirro. Golpes ultrapassam a casa dos R$ 100 milhões

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: PF faz buscas nas Prefeituras do Recife, Paulista, Cabo e Olinda contra corrupção na pandemia