Queiroz recebia "amiguinhas"para "farras" na casa em Atibaia, apontam mensagens interceptadas pelo MPRJ



Mensagens interceptadas pelo Ministério Público do Rio de Janeiro apontam que Fabrício Queiroz, preso ontem por obstrução da justiça nas investigações do esquema criminoso de "rachadinhas" comandado pelo filho mais velho de Jair Bolsonaro, o hoje senador Flavio Bolsonaro, mostram que diferentemente do vinha sendo noticiado, Queiroz não era "refém" da organização criminosa, mas que inclusive promovia "farras" com "amiguinhas" na casa do advogado dos Bolsonaro, onde foi preso em Atibaia. Confiram:



MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos