Relator das Contas de Geraldo Julio notifica Prefeito para comprovar que calote no pagamento da Previdência dos Servidores é imprescindível. Prefeito deve informar ainda se está em dia com obrigações



O Conselheiro Carlos Porto, relator das contas da gestão Geraldo Julio para o exercício de 2020 notificou, ontem, o Prefeito Geraldo Julio para comprovar que o calote que dará na previdência dos servisores, repassando o encargo aos próximos prefeitos, é realmente necessário ao combate à pandemia, já que como demonstrou este Blog, em artigo publicado na semana passada, além de ter recebido R$ 300 milhões da União, o Prefeito ainda obteve suspensão de um empréstimo de R$ 66 milhões que terá que ser pago pelo próximo prefeito, bem como ainda contará com a antecipação do IPTU de 2021, levando o caos financeiro ao sucessor.

O relator exige que o prefeito forneça todos os estudos e pareceres que justificam a medida temerária e que o prefeito informe se está pagando em dia a Previdência, já que a lei municipal restringiu a março, não estando claro se o prefeito não vinha pagando a Previdência ou se pretende pegar de volta o que já foi pago.

Confiram: 







MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos