Em nota, Ministra Ana Arraes confirma que não aceitará relatoria do caso dos respiradores de porcos adquiridos por Geraldo Julio, conforme antecipou o Blog da Noelia Brito


Conforme nosso Blog antecipou, ontem, a ministra Ana Arraes, do TCU, manterá seu posicionamento de não participar de julgamentos de processos envolvendo prefeituras pernambucanas. Alguns blogs e colunas chegaram a noticiar que ela seria relatora do caso, mas nosso Blog mostrou que desde que ingressou naquela Corte, a ministra se argui impedida de atuar em processos que envolvam o Estado de Pernambuco e predeituras pernambucanas.

Leiam a Nota:

A ministra Ana Arraes foi sorteada relatora por sorteio automático, por meio de sistema do TCU, como acontece em todos os casos dessa natureza. O processo está na unidade técnica responsável (Secretaria de Controle Externo de Aquisições Logísticas) e ainda não chegou ao gabinete nem mesmo para avaliação preliminar da Ministra. A Ministra se declara impedida para relatar todos os processos que envolvem diretamente municípios pernambucanos desde 2011, quando ingressou no TCU, e esse processo também vai seguir esse posicionamento assim que for remetido pela unidade técnica ao gabinete.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Exclusivo: TJPE determina afastamento do Prefeito de Paulista, Junior Matuto, a pedido do Dracco, por desvios de R$ 21 milhões em PPP do lixo com a empresa Locar

"Grampos" da Operação Locador, do DRACCO, mostram temor de investigados de que chefões da gestão Matuto lhes fizessem "mal" e espanto com pagamentos em dinheiro vivo feitos pelo prefeito na compra de terrenos

Durante julgamentos de interesse da gestão Geraldo Julio, um dos quais envolvendo a Casa de Farinha, Conselheiros do TCE/PE perdem a calma, gritam e interrompem Procuradora que combate a corrupção no Governo de Pernambuco e na Prefeitura do Recife

PF volta à Prefeitura do Recife em mais duas Operações por desvios de recursos públicos na pandemia: Bal MAsqué e Apneia III. Diretor Financeiro é afastado do cargo pro pagar mais de R$ 7 milhões por produtos jamais entregues

Braço direito de Geraldo Julio, João Guilherme Ferraz incentivou e até debochou do fato de serem adquiridos respiradores testados apenas em porcos: "Leia c bons olhos kkkkkkk"