Em nota, Ministra Ana Arraes confirma que não aceitará relatoria do caso dos respiradores de porcos adquiridos por Geraldo Julio, conforme antecipou o Blog da Noelia Brito


Conforme nosso Blog antecipou, ontem, a ministra Ana Arraes, do TCU, manterá seu posicionamento de não participar de julgamentos de processos envolvendo prefeituras pernambucanas. Alguns blogs e colunas chegaram a noticiar que ela seria relatora do caso, mas nosso Blog mostrou que desde que ingressou naquela Corte, a ministra se argui impedida de atuar em processos que envolvam o Estado de Pernambuco e predeituras pernambucanas.

Leiam a Nota:

A ministra Ana Arraes foi sorteada relatora por sorteio automático, por meio de sistema do TCU, como acontece em todos os casos dessa natureza. O processo está na unidade técnica responsável (Secretaria de Controle Externo de Aquisições Logísticas) e ainda não chegou ao gabinete nem mesmo para avaliação preliminar da Ministra. A Ministra se declara impedida para relatar todos os processos que envolvem diretamente municípios pernambucanos desde 2011, quando ingressou no TCU, e esse processo também vai seguir esse posicionamento assim que for remetido pela unidade técnica ao gabinete.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Radar: João Campos recebe mais de R$ 5,2 milhões do Fundo Eleitoral do PSB e é recordista nacional de doações

Desembargador extingue reclamação do Estado de Pernambuco contra decisão do Juiz que mandou suspender retorno das aulas presenciais