Empresário ligado ao MBL preso por sonegar R$ 400 milhões espalhou "fake news" ligando Marielle ao Comando Vermelho

10 de jul. de 2020

/ by Blog da Noelia Brito



Do UOL

O empresário ligado ao MBL (Movimento Brasil Livre) Carlos Augusto de Moraes Afonso, preso hoje por suspeita de lavar dinheiro, foi o responsável por viralizar uma fake news que acusava Marielle Franco de ter mantido um relacionamento com o traficante Marcinho VP e com a facção criminosa Comando Vermelho.

Afonso é conhecido na internet como Luciano Ayan, pseudônimo que criou para evitar a relação de sua identidade com seu ativismo político, que ficou notório quando o MBL compartilhou uma matéria falsa sobre Marielle escrita pelo site Ceticismo Político, criado por Ayan em 2017.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021