EXCLUSIVO: Afastado da Prefeitura, Júnior Matuto está em Brasília para tentar reverter a decisão


Por Ricardo Antunes e Noelia Brito 
*Publicação simultânea

Acusado de participação num esquema que teria desviado mais de R$ 21 milhões dos cofres públicos em contratos superfaturados de limpeza urbana e locação de imóveis, o prefeito de Paulista, Junior Matuto, do PSB, afastado pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco por 170 dias, está, nesse momento, em Brasília. Ele tenta reverter seu afastamento através de um lobby político que passa pelo escritório do advogado Sócrates Vieira Chaves.

 Informações dão conta de que o prefeito e seu advogado tentam reverter a decisão do TJPE, que o afastou, no STJ, por meio de um habeas corpus. O mesmo escritório já foi matéria do Blog de Noelia Brito quando recebeu mais de R$ 30 milhões de honorários de Prefeituras. 

MAIS VISITADAS DO MÊS

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Radar: João Campos recebe mais de R$ 5,2 milhões do Fundo Eleitoral do PSB e é recordista nacional de doações

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Desembargador extingue reclamação do Estado de Pernambuco contra decisão do Juiz que mandou suspender retorno das aulas presenciais