Consórcio do Crime: PCPE desarticula ORCRIM que planejava ataque ao Sistema Prisional de Pernambuco


A POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO desencadeou hoje, 18|08/2020, a 36ª Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada "CONSÓRCIO DO CRIME” , cuja investigação está vinculada à Diretoria Integrada Especializada – DIRESP, por meio do Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais - DEPATRI. A investigação iniciou-se em abril de 2020, com o objetivo de identificar e desarticular organização criminosa armada de altíssima periculosidade que planejava ataque ao Sistema Prisional. 

No dia de hoje, foram presos em flagrante 05 (cinco) integrantes do grupo, com a união de recursos táticos do Comando de Operações e Recursos Especiais - CORE, da Polícia Militar e do Grupamento Tático Aéreo – GTA. 

As investigações tiveram ainda o apoio da Secretaria Executiva de Ressocialização – SERES, Polícia Rodoviária Federal - PRF, do Instituto de Identificação Tavares Buril, através da Equipe Rastro, e da Gerência Geral de Polícia Científica (GGPOC). 

Na execução, foram empregados 80 ( oitenta) Policiais Civis e Militares. As investigações foram assessoradas pelo Centro Integrado de Inteligência de Defesa Social – CIIDS e pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco – DINTEL, que contaram com o apoio do Laboratório de Lavagem de Dinheiro – LAB/LD. 

Os detalhes da referida operação serão divulgados pela Assessoria de Comunicação da Polícia Civil em entrevista coletiva nesta quarta-feira (19), às 11h, no auditório da Sede Operacional da Polícia Civil (Prédio azul). Chefia de Polícia 


Com informações da Azsessoria  de Comunicação Social da Polícia Civil de Pernambuco 

MAIS VISITADAS DO MÊS

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Forbes: Lista de bilionários brasileiros traz 16 cearenses e 6 pernambucanos. Saiba quem são.

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos