Membro do PCC troca tiros com a Polícia Federal durante cumprimento de mandados de prisão da Operação Caixa Forte 2. Policial foi atingido com tiro no peito, mas estava de colete balístico




Durante o cumprimento de um dos mais de 400 mandados de prisão contra membros do PCC, expedidos pela Justiça de Minas Gerais no âmbito da Operação Caixa Forte 2, um dos alvos recebeu a equipe da PF a bala, chegando a alvejar um dos polícias do GPI - Grupo de Pronta Intervenção. Felizmente, a bala ficou alojada no colete balístico usado pelo policial. O fato ocorreu no Mato Grosso.

Apesar da reação e da troca de tiros, o alvo foi detido e autuado.

A Operação cumpriu mandados do Distrito Federal e em 19 Estados, entre eles Pernambuco, onde foram cumpridos 10 mandatos de prisão e 8 de buscas e apreensões no Recife, em Olinda, Jaboatão e no presídio de Itaquitinga.

Confiram as imagens exclusivas do confronto:









MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos