Para especialistas em pesquisas, segundo turno no Recife deve ser disputado entre o candidato identificado com Geraldo e Paulo e aquele identificado com Bolsonaro

26 de ago. de 2020

/ by Blog da Noelia Brito



Com uma avaliação positiva do eleitor recifense, que chega aos 57%, o presidente Jair Bolsonaro deve ser, ao lado do prefeito Geraldo Julio e do governador Paulo Câmara, um dos principais cabos eleitorais da capital pernambucana. Não é à toa que pelo menos seis pré-candidatos à Prefeitura do Recife têm procurado se posicionar como candidatos de Bolsonaro, no Recife. É o que apontam especialistas em pesquisas ouvidos pelo Blog da Noelia Brito.

Segundo a pesquisa da Conectar, divulgada hoje, sob encomenda do Democratas, o governo de Bolsonaro é ótimo, para 14% dos recifenses, ao passo que 17% consideram que a gestão é boa, enquanto 26% consideram sua gestão regular.

Para 8% dos recifenses, a gestão Paulo Câmara é ótima, enquanto 16% consideram-na boa e 37% avaliam como regular, totalizando uma avaliação positiva da ordem de 61%. Já o prefeito Geraldo Julio é aprovado por 73% dos recifenses, dos quais 9% consideram sua gestão ótima, enquanto 22% a consideram boa e 42% avaliam a gestão do prefeito como regular, o que cacifa seu candidato a uma das vagas no segundo turno, avaliam.

Apesar do presidente já ter afirmado que não apoiará nenhum candidato nas eleições deste ano, a pesquisa da Conectar aponta que 33% dos eleitores associam o ex-ministro Mendonça Filho, do DEM, com Bolsonaro, seguido da Delegada Patrícia Domingos, do Podemos, com 18%, do deputado federal Daniel Coelho, do Cidadania, com 16%, do deputado estadual Alberto Feitosa, do Solidariedade e com 7% e do procurador da Prefeitura do Recife, Charbel Maroun, do Novo, com 3%. Apesar de se colocar como apoiador de Bolsonaro, o deputado estadual Marco Aurélio, do PRTB, não é citado.

De acordo com os analistas, dificilmente João Campos, do PSB, candidato do governador Paulo Câmara e do prefeito Geraldo Julio e que contará com as duas máquinas moendo a seu favor, além de fatia considerável do tempo de Rádio e TV, não estará no segundo turno, que deverá disputar contra Mendonça Filho ou contra a Delegada Patrícia Domingos, pré-candidatos mais identificados com Bolsonaro, pelo menos na visão do eleitor recifense.



Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021