PF cumpre mandados contra ORCRIM especializada em fraudes bancárias na Paraiba, Pernambuco e Rio Grande do Norte


João Pessoa/PB – A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (13/8) uma operação para desarticular um grupo criminoso especializado na realização de fraudes bancárias, mediante uso de documentos falsos, como obtenção de empréstimos consignados, de financiamentos bancários, de restituição antecipada de imposto de renda e abertura de contas bancárias de passagem. A investigação policial demonstrou que integrantes do grupo criminoso acessam bancos de dados de instituições financeiras e de órgãos públicos para obter dados e forjar documentos que são utilizados para realização de fraudes bancárias. A estimativa é de que o grupo criminoso tenha causado um prejuízo de R$ 4 milhões. Estão sendo cumpridos 11 mandados de busca e apreensão, nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Sousa, Recife/PE e Natal/RN. A operação conta com a participação de 48 Policiais Federais.

Em Recife foram cumpridos 03 mandados de busca e apreensão nos bairros de Tejipió, Cordeiro e Engenho do Meio. Os três suspeitos integrantes da quadrilha também foram intimados a comparecer na Polícia Federal para prestar esclarecimentos.

Comunicação Social da Polícia Federal na Paraíba 

MAIS VISITADAS DO MÊS

EXCLUSIVO: PF PRENDE PREFEITO E VICE DE AGRESTINA

Mapa da Vergonha: Pernambuco é o Estado com o maior número de irregularidades investigadas na pandemia, aponta documento da Polícia Federal

Entidades ligadas a empresário preso hoje pela PF, por desvios na Saúde, receberam mais de R$ 781 milhões do Estado e de Prefeituras pernambucanas

Operação Desumano: Orcrim que assalta cofres da Saúde do povo pernambucano há anos é desbaratada em megaoperação da PF, CGU, MPF e MPPE (GAECCO). Prefeituras do Recife e de Jaboatão e empresário, líder da ORCRIM, entre os alvos