Codevasf teria direcionado licitação em favor da empresa alvo da Operação Mapa da Mina, revelam PF e CGU em coletiva

11 de nov. de 2020

/ by Blog da Noelia Brito




Na coletiva de imprensa concedida, há pouco, na sede da Polícia Federal, em Pernambuco, representantes da Polícia Federal e da CGU revelaram que a Operação Mapa da Mina, deflagrada na manhã de hoje e que teve como alvos o deputado estadual Junior Uchoa, do PSC e o tenente coronel da Polícia Militar de Pernambuco, Tercio Ferraz, que já havia sido alvo da Operação DECIMUS, também da PF, investiga o direcionamentos de licitações em favor da empresa de segurança patrimonial alvo da Operação.

Segundo os investigadores, suspeita-se de pagamento de propina em troca desse favorecimento.

O Blog apurou que a enpresa investigada é a ALFORGE, que tem contratos com vários órgãos públicos estaduais e municipais e que chegou a ser  cobtratada pela Prefeitura do Recife durante a pandemia, conforme este Blog já havia revelado anteriormente.

Os desvios investigados teriam se iniciado no final de 2013, início de 2014 e teriam prosseguido até pouco tempo atrás. No momento, os contratos investigados não estão mais em vigor.

A Codevasf é vinculada ao Ministério da Integração Nacional.


Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021