PF detectou uso de placas adulteradas e de uso reservado à Polícia, em veículos de uso particular do deputado Junior Uchoa, do PSC, alvo da Operação Mapa da Mina

Junior Uchoa (primeiro à esquerda) é do PSC, Partido comandado pela Família Ferreira, em Pernambucano e do Pastor Everaldo, que está preso por corrupção, pela Lava Jato do Rio de Janeiro
 

O Núcleo de Transporte da Polícia Federal em Pernambuco constatou, ao avaliar os veículos apreendidos na posse do deputado estadual Guilherme Uchoa Junior, conhecido como Junior Uchoa, constatou "suspeição das placas reservadas emitidas para os veículos JEEP COMPASS LONGITUDE PCZ5148 e TOYOTA HILUX PEC1417, constando instaladas respectivamente as placas reservadas PGS2746 e PEQ2632." 

Segundo o avaliador da PF, "as placas reservadas do JEEP COMPASS não apresentam código de Barras rastreável, padrão DETRAN, o que indica provável adulteração. Neste sentido, dentre os documentos apreendidos referentes aos veículos, encontramos carteiras possivelmente emitidas pela Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco que tentam legalizar o uso das placas reservadas com fundamento no art. 116 do Código de Transito Brasileiro( Lei 9503/97). Ocorre que esse tipo de Placa, segundo a Polícia Federal, em seu informe, que consta nos autos do pedido de quebra de sigilos de dados e telefônicos dos investigados na Operação Mapa da Mina, são restritas ao uso em "serviço reservado de caráter policial".

O analista da PF aponta que o dispositivo do CTB, "salvo melhor juízo, não os habilita por se tratarem de veículos particulares e por não serem empregados estritamente em serviços reservados policiais." E conclui: "Assim apresento a Informação e indico emissão de Ofício a Corregedoria do DETRAN-PE a fim de elucidar a emissão de placas reservadas regulares para os veículos, bem como solicitação de perícia para análise dos sinais de adulteração."

Com a palavra, a defesa do deputado e a Assembleia Legislativa de Pernambuco.

MAIS VISITADAS DO MÊS

PF prende advogado líder de ORCRIM que sacou milhões em precatórios na Justiça Federal em Pernambuco por meio de fraudes

Exclusivo: Deputado Guilherme Uchoa Junior é um dos alvos da Operação Mapa da Mina

Mapa da Mina: PF faz Operação contra Oficial da PM e agentes públicos benefíciados com mais de R$ 175 milhões em contratos públicos em Pernambuco. ORCRIM usava Casas Lotéricas para "lavar" desvios

Oscar Barreto comunica a Gleisi Hoffmann seu afastamento da Executiva Nacional do PT e da DS "para poder continuar a ter opinião e responder por elas"

Áudios mostram traficante revelando pagamento anual de R$ 1 milhão a um Ministro em troca de Habeas Corpus para seu grupo e uso de OSs pelo PCC