Hacker preso pela PF trabalha em prefeitura comandada por filho de líder de Bolsonaro no Senado. Em nota, Prefeitura de Petrolina informa que servidor será exonerado

19 de mar. de 2021

/ by Blog da Noelia Brito



A Coluna Painel, da Folha de São Paulo acaba de revelar que o hacker Yuri Batista Novaes Goiana Ferraz  preso,  hoje, pela Policia Federal, na Operação Deepwater, deflagrada por ordem do ministro Alexandre de Moraes, em Pernambuco e Minas Gerais, exerce o cargo de Gestor de Modernização Administrativa da Secretaria da Fazenda e Planejamento de Petrolina, cidade que tem como prefeito um dos filhos do líder do governo Bolsonaro, no Senado, Fernando Bezerra Coelho. Miguel Coelho tem sido cotado para disputar o Governo de Pernambuco pela oposição.

O hacker, detido em Petrolina, é suspeito de ter obtido os dados de 223 milhões de brasileiros, vazados na internet e de colocar à venda, juntamente com um cúmplice, dados de autoridades que incluem o presidente Jair Bolsonaro, o ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o ex- presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e os 11 ministros do Supremo Tribunal Federal, dentre outros. 

Ainda Segundo a Polícia Federal, as investigações apuraram que em janeiro de 2021, por meio da internet, dados sigilosos de 223 milhões de pessoas físicas e de 40 milhões de pessoas jurídicas - tais como CPF/CNPJ, nome completo e endereço, além de registros de veículos, foram ilicitamente disponibilizados em um fórum na internet especializado em trocas de informações sobre atividades cibernéticas.

A divulgação de parte dos dados sigilosos foi feita gratuitamente por um usuário do referido fórum que, ao mesmo tempo, expôs à venda o restante das informações sigilosas que poderiam ser adquiridas por meio do pagamento em criptomoedas.

Após diversas diligências, a Polícia Federal identificou Yuri Novaes como suspeito pela prática dos delitos de obtenção, divulgação e comercialização dos dados, bem como um segundo hacker que estaria vendendo os dados por meio suas redes sociais.

Contactada pelo Blog, a Prefeitura de Petrolina informou que Yuri Batista Novaes Goiana Ferraz será exonerado. Confiram a nota:

A Prefeitura de Petrolina informa que, tendo em vista os desdobramentos da operação da Polícia Federal ocorrida nesta sexta-feira (19), o servidor Yuri Ferraz será imediatamente exonerado. A prefeitura esclarece ainda que não tem qualquer relação com a vida particular do mesmo.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021