Apesar dos revezes no STF, Sergio Moro aparece em terceiro lugar nas pesquisas de opinião e deve retornar ao Brasil, em outubro, quando decide candidatura à Presidência pelo Podemos

25 de abr. de 2021

/ by Blog da Noelia Brito

Foto: Reprodução
 

Em terceiro lugar nas pesquisas de opinião, atrás apenas de Bolsonaro e Lula, que lideram a corrida presidencial, Sergio Moro deve retornar ao País apenas em outubro, quando decide se disputa sucessão de Bolsonaro pelo Podemos

 

O ex-juiz e ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, principal expoente da Operação Lava Jato, que a exemplo da italiana Operação Mãos Limpas, teve final melancólico, deve retornar ao Brasil somente em outubro, quando baterá o martelo sobre uma eventual candidatura à sucessão de Jair Bolsonaro. Moro reside atualmente nas cercanias de Washington, onde trabalha, atualmente, para a empresa de consultoria global de gestão de empresas Alvarez & Marsal, administradora judicial do processo de recuperação do Grupo Odebrecht, que também foi alvo da Lava Jato.

Fontes do Blog da Noelia Brito confirmaram que acaso decida pela candidatura, Moro deverá se lançar pelo Podemos, legenda que ficou conhecida como "Partido da Lava Jato".

Apesar dos revezes sofridos pela Operação Lava Jato e pelo próprio Moro, com a anulações das condenações de Lula, reposicionando o ex-presidente na disputa presidencial vindoura e com a declaração de parcialidade de Moro, em recente decisão do Supremo, o ex-juiz ainda aparece bem posicionado em pesquisas de opinião.

Para se ter uma ideia, pesquisa divulgada, há dois dias, pelo Valor Econômico, encomendada ao Instituto Travessia, mostra o ex-juiz atrás apenas de Bolsonaro e de Lula, empatados com 28%, na estimulada. Em terceiro, aparece Moro, com 10%, à frente, por exemplo, de Ciro Gomes, com 8%, que acaba de anunciar a contratação do ex-marqueteiro do PT e um dos alvos da Lava Jato, João Santana, para melhorar sua imagem e a do seu Partido, o PDT, já visando as eleições presidenciais do próximo ano.

Fonte: Valor Econômico


Para 31% dos entrevistados, Moro é o mais honesto entre os candidatos de Centro, seguido à distância por Mandeta e Amoedo, ambos com 9% e por Ciro Gomes, com 8%. Nas demais consultas, Moro aparece sempre bem posicionado. Entre os candidatos considerados mais trabalhadores, o ex-juiz, com 11%, aparece empatado tecnicamente com Mandetta (12%) e com Doria (11%).

Fonte: Valor Econômico

 

 A pesquisa completa pode ser conferida no Site do Valor, disponível apenas para assinantes.

 



 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021