Em defesa de seus "bandidos de estimação", deputados bolsonaristas ameaçam delegado da Polícia Federal afastado por cumprir a lei. Confiram o vídeo

27 de abr. de 2021

/ by Blog da Noelia Brito

Foto: Reprodução Twitter


O delegado Alexandre Saraiva, após ser afastado da Superintendência da Polícia Federal do Amazonas, por noticiar crimes cometidos pelo Ministro Ricardo Salles e pelo senador Telmário Miranda, que patrocinaram interesses de alvos de Operações da Polícia Federal, foi homenageado por seus colegas que destacaram sua "coragem, atitude e profissionalismo".

Na ânsia de defender madeireiros investigados pela Polícia Federal, por crimes que vão do desmatamento à grilagem de terras da União, deputados do PSL e do PSD, da base governista de Jair Bolsonaro, proferiram várias ameaças de punições contra o delegado da Polícia Federal, Alexandre Saraiva.

As ameaças foram retrucadas pelo ex-superintendente da Polícia Federal no Amazonas, enquanto prestava esclarecimentos, em uma audiência pública da Comissão e Legislação Participativa (CLP) e da Comissão de Direitos Humanos da Câmara (CDHM), sobre as acusações que fez contra o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, defensor ferrenho dos madeireiros que desmatam a Amazônia.

Os parlamentares Major Vitor Hugo (PSL-GO), Carla Zambelli (PSL-SP) e Eder Mauro (PSD-PA) tentaram interromper, no grito, a fala do delegado – que havia sido concedida pelo presidente da CLP, Waldenor Pereira (PT-BA).

O deputado federal Sanderson (PSL-RS), que se disse policial federal, afirmou que o delegado deveria se ater às suas funções administrativas e não "extrapolar para as instâncias políticas". Segundo ele, o policial está em "maus lençóis" ao "conduzir um inquérito de forma totalmente apaixonada". Em resposta Alexandre Saraiva disse que ao entrar na polícia sabia que estava correndo risco de morte, por isso, não tinha "medo de perder o emprego". "O senhor estava me ameaçando. Não tenho medo nem de perder a vida", disse o policial que afirmou não defender nenhuma ideologia política ou partidária. "Quero defender o meio ambiente pensando no Brasil". Confiram o papel vergonhoso dos parlamentares defensores de Bolsonaro e de madeireiros criminosos prestando desserviço à Nação:

 

O delegado Alexandre Saraiva, após ser afastado da Superintendência da Polícia Federal do Amazonas, por noticiar crimes cometidos pelo Ministro Ricardo Salles e pelo senador Telmário Miranda, que patrocinaram interesses de alvos de Operações da Polícia Federal, foi homenageado por seus colegas que destacaram sua "coragem, atitude e profissionalismo".

Foto: Reprodução Twitter

 

Faça parte agora mesmo do canal no Telegram do Blog da Noelia Brito e receba notícias rapidamente em um click


Siga nossas Redes Sociais
 



 

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021