Bolsonaro tenta emplacar Pazuello na Caixa com salários de R$ 1,1 milhão por ano

25 de mai. de 2021

/ by Blog da Noelia Brito


Foto: Reprodução

 Para evitar desgastes e impedir uma crise junto à opinião pública, Bolsonaro e Guedes esperavam que a operação prosseguisse sigilosa até o anúncio da nomeação. Pediram discrição aos envolvidos.

O presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, orientaram o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, a abrir espaço no banco para acomodar o ex-ministro Eduardo Pazuello na Vice-Presidência de Logística da instituição, segundo duas fontes com conhecimento direto das tratativas.

Num movimento inesperado internamente, a Caixa abriu em 18 de maio o processo de seleção para esse cargo. O banco estima que o VP de Logística possa ganhar R$ 1,1 milhão por ano. Oficialmente, o processo de seleção está no fim.

Tanto o Planalto quanto Guedes já foram informados de que o currículo de Pazuello se adequa às exigências da Caixa.

Segundo fontes envolvidas nas tratativas, o sucesso da articulação depende do sigilo dela. Ou dependia.

Para evitar desgastes e impedir uma crise junto à opinião pública, Bolsonaro e Guedes esperavam que a operação prosseguisse sigilosa até o anúncio da nomeação. Pediram discrição aos envolvidos.

A articulação, portanto, existe - e é forte. Se dará certo, é incerto.

A informação é do site O Bastidor

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021