Delegado da PF que foi afastado por investigar ministro de Bolsonaro ironiza Ricardo Salles, alvo de Operação de combate à corrupção e tráfico de madeira

19 de mai. de 2021

/ by Blog da Noelia Brito

 

 
Além de postar um Salmo com referência à floresta, Saraiva twitou uma imagem do desenho "Carangos e Motocas" com o chavão "Eu disse, eu te disse"
 
O delegado da Polícia Federal Alexandre Saraiva, que foi afastado do comando da Polícia Federal no Amazonas por investigar crimes atribuídos a madeireiros e ao ministro Ricardo Salles, do Meio Ambiente, usou sua conta no Twitter para ironizar o ministro, durante a deflagração da Operação na qual foram realizadas buscas e apreensões contra Salles e outros dez servidores do Ministério e do IBAMA, por suspeita de terem praticados os crimes de corrupção, advocacia administrativa, prevaricação e facilitação de contrabando.
 
Além de postar um Salmo com referência à floresta, Saraiva twitou uma imagem do desenho "Carangos e Motocas" com o chavão "Eu disse, eu te disse":
 
 


Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021