Ex-delegada da PF, prefeita de Caruaru, Raquel Lira, doa terreno para abrigar nova sede da Polícia Federal no Município. E Miguel Coelho, já doou terreno para nova sede da PF em Petrolina?

21 de mai. de 2021

/ by Blog da Noelia Brito

Foto: Divulgação/PF de Pernambuco

No fim de semana, a Coluna Painel da Folha de São Paulo revelou um pedido do atual ministro da Justiça para que o Diretor Geral da Polícia Federal reavaliasse a já aprovada instalação de uma delegacia da Polícia Federal em Petrolina, cidade comandada por Miguel Coelho, filho de Fernando Bezerra Coelho, ambos do MDB. FBC é o líder do governo Bolsonaro.

A prefeita de Caruaru, Raquel Lira, do PSDB, que é procuradora do Estado de Pernambuco, mas já foi delegada da Polícia Federal, doou um terreno da Prefeitura para a construção da nova delegacia de Polícia Federal no Município. 

O termo de doação foi assinado por Raquel e pela superintendente da Polícia Federal Carla Patrícia Cintra. 

O prédio onde a Polícia Federal funciona atualmente é alugado e com a doação do terreno, a instituição poderá construir uma sede própria com 16 mil m2, amplo estacionamento, canil, academia, quadra esportiva e piscina. 

Em suas redes sociais, a Polícia Federal anunciou que esse é um dos projetos que fazem parte da expansão da PF pelo interior do estado.

No fim de semana passado, a Coluna Painel da Folha de São Paulo revelou um pedido do atual ministro da Justiça para que o Diretor Geral da Polícia Federal reavaliasse a já aprovada instalação de uma delegacia de Polícia Federal em Petrolina, cidade comandada por Miguel Coelho, filho de Fernando Bezerra Coelho, ambos do MDB. Bezerra Coelho é o líder do governo Bolsonaro.

Petrolina é uma das principais cidades do Estado e apesar de ser rota do tráfico internacional de drogas, como revelou a Operação Além Mar, da Polícia Federal de Pernambuco, não conta com uma delegacia da PF, sendo atendida por uma delegacia da Bahia.

Saiba mais sobre os recursos federais para Petrolina

‘Tratoraço’ atropelou leis orçamentárias e veto de Bolsonaro 

‘Tratoraço’: conheça os mandachuvas da Codevasf, estatal do Centrão 

Conheça os principais nomes envolvidos no esquema do "orçamento secreto", que bancou a compra de maquinário superfaturado em até 259% , revelado pelo jornal Estadão 

O ministro da Justiça alegou falta de verbas para a instalação da PF em Petrolina, o que é curioso, já que Petrolina (PE) é  a nona cidade, em todo o Brasil, que mais recebeu investimentos do Ministério do Desenvolvimento Regional em 2020. Para se ter uma ideia, segundo o Estadão, o líder do governo no Senado ditou a transferência de R$ 46.569.000,00 ao município por meio da estatal Companhia do Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) em dois convênios, celebrados nos mesmos valores.Então, dinheiro é o que não falta.

Sobre a solicitação do ministro da Justiça para cancelar a instalação da delegacia da PF em seu Município, o prefeito de Petrolina ainda não se manifestou.

Leia também

Prefeitura comandada por filho de líder do governo Bolsonaro é alvo da Polícia Federal  


Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021