PGR acata Notícia-Crime de ex-Superintendente da PF do Amazonas contra Ricardo Salles e pede abertura de inquérito ao STF

31 de mai. de 2021

/ by Blog da Noelia Brito

Foto: Ueslei Marcelino/Reuters
 

Os procuradores analisaram a notícia-crime apresentada contra o ministro pelo delegado Alexandre Saraiva, da Polícia Federal no Amazonas, por suspeita de que Salles teria tentado atrapalhar a investigação sobre a maior apreensão de madeira da história e defender o interesse de madeireiros ilegais.

A Procuradoria Geral da República (PGR) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido de abertura de inquérito para investigar o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles. A relatora do caso será a ministra Cármen Lúcia.

Os procuradores analisaram a notícia-crime apresentada contra o ministro pelo delegado Alexandre Saraiva, da Polícia Federal no Amazonas, por suspeita de que Salles teria tentado atrapalhar a investigação sobre a maior apreensão de madeira da história e defender o interesse de madeireiros ilegais.

No último dia 9, a PF deflagrou a Operação Akuanduba, que teve entre os alvos Ricardo Salles e Eduardo Bim, presidente Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A operação investiga contrabando de madeira e corrupção.

No ofício que desencadeou a operação, a Polícia Federal afirmou ver "fortes indícios" de que Salles esteja envolvido em um "grave esquema de facilitação ao contrabando de produtos florestais".

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021