Comissão Arns denuncia ao Supremo Tribunal Federal o Procurador-Geral da República, Augusto Aras, por crimes comuns durante seu mandato

20 de ago. de 2021

/ by Blog da Noelia Brito

Foto: Sérgio Lima


A Comissão Arns protocolou hoje (20/08) uma representação no Supremo Tribunal Federal contra o Procurador-Geral da República, Augusto Aras. A solicitação que pede abertura de inquérito para investigação de crimes comuns praticados pelo PGR é endereçada ao presidente do STF, ministro Luiz Fux. Assinam a denúncia os advogados José Carlos Dias, presidente da Comissão Arns; Belisário dos Santos Jr., membro da Comissão Arns; e Juliana Vieira dos Santos, coordenadora jurídica da Rede Liberdade e colaboradora da Comissão Arns.

De acordo com o documento, "o Sr. Procurador Geral da República não tem cumprido seu papel de guardião da Constituição e das leis. Ao contrário, tem instrumentalizado politicamente a ampla discricionariedade que lhe é conferida pela Constituição, de forma a subverter as funções de seu cargo, atuando mais como um guardião do próprio governo e de seus integrantes, do que efetivamente cumprindo com seus deveres institucionais". 

Foto: Reprodução

 
Confira aqui o documento na íntegra.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021