Mais de mil policiais federais já assinaram manifesto em defesa de delegado federal afastado por investigar interferência de Bolsonaro na PF

10 de set. de 2021

/ by Blog da Noelia Brito

Foto: Reprodução
 

Dentre os que já assinaram o manifesto, estão vários ex-Superintendentes Regionais da Polícia Federal, a exemplo de Aderson Vieira Leite (MT), Fabiana Macedo (PI), Alexandre Saraiva (AM, RR e MA), Anderson Rui Fontel de Oliveira (AP), Bernardo Gonçalves Torres (AL), Chang Fan (MS), Erika Mialik Marena (SE), Josélio Souza (GO), Jorge Barbosa Pontes (PE), Marcelo Diniz Cordeiro (PE) e Carla Patrícia Cintra (PE). Todos os Coordenadores-Gerais de Combate à Corrupção assinaram o manifesto, desde o primeiro, DPF Josélio Souza, o segundo, DPF Márcio Anselmo, o terceiro, DPF Thiago Delabary e o atual DPF Giacometi.A delegada Christiane Correa Machado que chefiou oo Serviço de Inquéritos da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado (SINQ) da Polícia Federal, junto ao STF, também figura entre os que assinaram o manifesto.

O manifesto em apoio ao delegado da Polícia Federal Felipe Leal, que dirigia o inquérito instaurado para investigar a interferência do presidente Jair Bolsonaro na instituição, para blindar familiares e membros de seu governo, já conta com mais de mil assinaturas de policiais federais

Após solicitar informações sobre diversos registros de possíveis interferências presidenciais na substituição dos Superintendentes nos Estados do Rio de Janeiro e de Pernambuco, e sobre a exoneração do Superintendente do Amazonas e não nomeação de Franco Perazzoni como Delegado Regional de Combate ao Crime Organizado, no Distrito Federal, Leal foi afastado da condução do inquérito por Alexandre de Moraes e foi alvo de uma requisição de investigação por parte da Procuradoria Geral da República, fato que para os policiais federais seria "um movimento no sentido de acanhar os policiais federais responsáveis por investigações de combate à corrupção, em detrimento da atuação em desfavor dessa prática criminosa tão prejudicial à sociedade que, infelizmente, ainda assola a população brasileira." 

Dentre os que já assinaram o manifesto, estão vários ex-Superintendentes Regionais da Polícia Federal, a exemplo de Aderson Vieira Leite (MT), Fabiana Macedo (PI), Alexandre Saraiva (AM, RR e MA), Anderson Rui Fontel de Oliveira (AP), Bernardo Gonçalves Torres (AL), Chang Fan (MS), Erika Mialik Marena (SE), Josélio Souza (GO), Jorge Barbosa Pontes (PE), Marcelo Diniz Cordeiro (PE) e Carla Patrícia Cintra (PE).

Todos os Coordenadores-Gerais de Combate à Corrupção assinaram o manifesto, desde o primeiro, DPF Josélio Souza, o segundo, DPF Márcio Anselmo, o terceiro, DPF Thiago Delabary e o atual DPF Giacometi.

A delegada Christiane Correa Machado que chefiou oo Serviço de Inquéritos da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado (SINQ) da Polícia Federal, junto ao STF, também figura entre os que assinaram o manifesto.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021