Obras de Di Cavalcanti no valor total de R$ 10 milhões serão destinadas ao acervo do Museu Nacional de Belas Artes no Rio


Obra Três Figuras Femininas estimada em R$ 3 milhões. Crédito: extraído dos autos judiciais.


Transferência do acervo foi acatada pela Justiça no âmbito do acordo de colaboração firmado pelo MPF com Rosane Messer, ex-mulher de Dario Messer, conhecido como o "doleiro dos doleiros"

A obra Três Figuras Femininas, de Di Cavalcanti, tem o valor estimado de R$ 3 milhões. Essa é uma das 12 obras de artes que serão destinadas para o Museu Nacional de Belas Artes (MNBA), após a proposta do Ministério Público Federal (MPF) ter sido acatada pela Justiça, no âmbito do acordo de colaboração firmado por Rosane Messer, ex-mulher de Dario Messer, conhecido como o "doleiro dos doleiros".

Ao todo, são 10 obras de Di Cavalcanti, 1 de Djanira (1914-1979) e 1 de Emeric Marcier(1916-1990). A propriedade do acervo foi transferida para o patrimônio da União. Entretanto, o transporte das obras para o Museu Nacional de Belas Artes, que fica na Cinelândia, Centro da cidade, ocorrerá depois de finalizado o processo para contratação de transporte e seguro.

O acervo acrescido ao patrimônio da União ocorre em momento oportuno, próximo à comemoração dos 100 anos da Semana de Arte Moderna de 1922, sendo Di Cavalcanti um dos artistas mais emblemáticos do Modernismo brasileiro.

“Em prol do fortalecimento da cultura, em atuação conjunta das instituições, MPF, AGU e Ibram, foi possível a doação e destinação do acervo ao Museu Nacional de Belas Artes, a quem competirá a guarda e manutenção dos quadros. As obras, que até então possuíam acesso restrito por integrarem uma coleção privada, poderão ser expostas ao público em benefício de toda a sociedade”, destacaram os procuradores da República que atuaram no caso.

Para a diretoria do MNBA, a incorporação dessas obras ao acervo do museu é de enorme relevância para a democratização e acesso público ao bem cultural.

Veja a relação das obras:

1. Emiliano di Cavalcanti – Retrato feminino – 1965; 
2. Emiliano di Cavalcanti – Carnaval – 1960; 3. Emiliano di Cavalcanti – Retrato de duas figuras femininas – 1967; 
4. Emiliano di Cavalcanti – Paisagem com barco – 1971; 
5. Emiliano di Cavalcanti – Três figuras femininas (“Mulheres com Bandolim”); 
6. Emiliano di Cavalcanti – Figura feminina janela; 
7. Emiliano di Cavalcanti – Retrato de figura feminina – 1967; 
8. Djanira de Motta e Silva – Vendedor de abacaxi; 
9. Emerie Marcier – Paisagem urbana; 
10. Emiliano di Cavalcanti – Figura Feminina e gato; 
11. Emiliano di Cavalcanti – Duas figuras femininas com flor; 
12. Emiliano di Cavalcanti – Seis figuras femininas.

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021