Bolsonaro mentiu sobre motivos para substituição da Superintendente da Policia Federal em Pernambuco

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem


À Polícia Federal, Bolsonaro disse que interferiu pela substituição da Delegada Carla Patrícia, no comando da PF em Pernambuco em razão da baixa produtividade. A justificativa é mais uma mentira do presidente, já que durante a gestão de Carla Patrícia Cintra, a SR/PE exibiu altos índices nacionais de produtividade e de deflagração de operações de combate à corrupção 

O depoimento de Jair Bolsonaro, dado nesta quinta-feira, 4, no inquérito que apura a possível interferência de Bolsonaro na Polícia Federal, veio a público na noite de ontem e revela que o presidente mentiu em diversos pontos de seu depoimento.

A desfaçatez de Bolsonaro sobre os motivos para substituir a superintendente de Pernambuco, Carla Patrícia foi tal que a revista Veja chamou de a resposta do presidente de "quintessência do absurdo"

Questionado sobre a motivação para a substituição mentiu duas vezes. Segundo a Veja, um dos motivos alegados foi "a justificativa esfarrapada de baixa produtividade."

Foto:Reprodução 


"É preciso lembrar que presidente da República não administra nem delibera questões de produtividade de unidades policiais. Essa é tarefa para o diretor-geral da PF. Nem o Ministro da Justiça entra nessa seara. E o mais importante é que a superintendência da PF em Recife, sob a batuta da delegada Carla Patrícia, estava com alta produtividade, tendo sido tal sucesso, inclusive, reconhecido por um prêmio concedido pela Associação Nacional dos Procuradores da República. Ao contrário do que disse o presidente, a unidade de Pernambuco foi a que mais deflagrou operações especiais, de combate à corrupção e aos crimes financeiros", destaca a Revista.

A outra mentira é a de que Carla Patrícia foi Secretária do governo Paulo Câmara, cargo jamais ocupado pela Delegada da PF, que na verdade exerceu um cargo técnico de Corregedora Geral da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco.

Aliados de Bolsonaro em Pernambuco gravaram vídeos e deram entrevistas confessando a interferência política na Polícia Federal em Pernambuco. Bolsonaristas como Coronel Meira chegaram a se gabar de que a substituição foi pedida por eles. Pelo visto estavam incomodados com tantas operações policiais contra desmandos nas gestões do PSB no Estado, a quem fingem fazer oposição. 

Confiram em  https://veja.abril.com.br/blog/jorge-pontes/o-depoimento-de-bolsonaro-a-policia-federal-foi-uma-piada/

Nenhum comentário

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

© Todos os direitos reservados - 2021