Postagens

Mostrando postagens com o rótulo compartilhamento de provas

DESTAQUE

Pague Menos e Ultrapar confirmam compra da Extrafarma pelo preço final de R$ 700 milhões

Imagem
Foto: Divulgação  Com aquisição, Pague Menos se torna a segunda maior rede de farmácias em número de lojas do país, atrás apenas de Raia Drogasil SÃO PAULO – Seguindo a intensa agenda de fusões e aquisições nos últimos meses entre empresas da Bolsa, nesta terça-feira (18) de manhã os investidores receberam a notícia da Reuters de que a Pague Menos (PGMN3) teria comprado a Extrafarma, do conglomerado Ultrapar (UGPA3), por R$ 600 milhões mais dívida e caixa, que totalizaram assim R$ 700 milhões. A notícia oficial da transação, contudo, aconteceu depois do fechamento do mercado, após as companhias terem confirmado durante a manhã desta terça-feira (18) apenas que estavam em negociação, mas sem os termos do acordo. Já depois do fechamento do mercado, além da confirmação do negócio, mais detalhes foram dados. A Ultrapar confirmou que assinou o contrato por um valor total da venda (EV – enterprise value) de R$ 700 milhões, sujeito a ajustes em razão principalmente das variações de capital de

Justiça Federal autoriza compartilhamento de provas da Operação Apneia, na PCR, com a CPI da Pandemia

Imagem
Foto: Reprodução   A Operação Apneia apura a compra de respiradores imprestáveis para uso em seres humanos, a uma empresa veterinária, pela Prefeitura do Recife, durante a gestão Geraldo Julio. O juiz federal substituto da 36ª Vara Federal em Pernambuco, Augusto Cesar de Carvalho Leal, atendeu ao pedido do Ministério Público Federal e autorizou, na manhã de ontem, 29, o compartilhamento das provas obtidas pela Polícia Federal, durante a Operação Apneia, que investiga a compra de respiradores imprestáveis para uso em seres humanos, a uma empresa veterinária de São Paulo, pela Prefeitura do Recife, durante a gestão do ex-prefeito Geraldo Julio. Confiram a decisão:   PROCESSO Nº: 0808861-91.2020.4.05.8300 - PEDIDO DE BUSCA E APREENSÃO CRIMINAL REQUERENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL e outro ACUSADO: BRMD PRODUTOS CIRURGICOS EIRELI ADVOGADO: Beatriz Correa Uchoa ADVOGADO: Yuri De Menezes Albert ADVOGADO: Renata Lopes Pinguelli ADVOGADO: Carlos Eduardo Ramos Barros ADVOGADO: Gusta