Postagens

Documentos revelam que Aécio arrecadou e repassou mais de R$ 2,5 milhões para Campos e Geraldo Júlio em 2012

Imagem
Do Conversa Afiada Foi assim que Aécio levantou R$ 166 milhões para 2012-2014? Aécio Neves e Eduardo Campos estariam unidos desde a eleição de 2012 COMPARTILHE VOTE   ( +320 )   IMPRIMIR Cartório autenticou assinatura de Danilo de Castro O Procurador Federal de Minas Gerais, Eduardo Morato Fonseca, recebeu do Sindicato dos Auditores Fiscais de Minas Gerais (SINDIFISCO-MG), um documento que mostra uma lista de políticos, partidos e empresas numa operação para, supostamente,  financiar as campanhas eleitorais de 2012 para prefeitos e vereadores. O  Conversa Afiada  tem a informação de que o promotor Morato Fonseca encaminhou a documentação à Procuradoria Geral da República, já que entre os suspeitos estão políticos com direito a foro privilegiado. No documento, onde se lê “consórcio” é possível entender que dele façam parte operações à margem da legislação eleitoral. O arquivo teria sido enviado ao candidato a Presidente Aécio Neves (PSDB), em 4 de setembro de

Procurador Geral do MPPE é alvo de Representação por Inércia no caso do Mensalão Pernambucano junto ao CNMP

Imagem
O Blog tem trazido a público grampos da Polícia Federal, feitos em várias Operações, realizadas desde 2007 e que revelaram o que a própria PF chamou de uma profusão de Organizações Criminosas que teriam tomado conta de Pernambuco, operando em licitações, compras de apoios políticos, lavagem de dinheiro para campanhas eleitorais e crimes de toda ordem, conforme os registros feitos pelos agentes federais, em seus relatórios e nos próprios grampos degravados e que fazem parte de pelo menos dois processos judiciais, em tramitação na Justiça, um dos quais, na 1ª Vara Criminal de Jaboatão, onde todos os grampos publicizados pelo Blog podem ser consultados, vez que a ação, após ajuizada, passou a ser pública. Diante da tentativa do promotor Flávio Falcão, denunciado por um dos réus do Mensalão Pernambucano, como tendo lhe passado informações sobre as investigações, enquanto eram ainda sigilosas,  de intimidar esta blogueira, mediante publicação de notícia em Blog de um dos também citados no

Comissão de Ética do Sinjope alerta para censura na imprensa pernambucana quanto a denúncias graves envolvendo autoridades e políticos no Estado

Imagem
NOTA OFICIAL DA COMISSÃO DE ÉTICA DO SINDICATO DOS JORNALISTAS DE PERNAMBUCO A Comissão de Ética do Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco (Sinjope) manifesta publicamente sua preocupação quanto aos dois recentes casos de censura envolvendo a imprensa pernambucana elencados abaixo: 1 - o Correio Braziliense noticiou investigações relacionadas à CPI da Petrobrás que sugerem uma relação entre o doleiro Alberto Youssef e o ex-presidente do TJPE Jones Figueiredo (leia a matéria do Correio no link:  http://dialogica.tk/1w3Z7H2 ). A mídia local silenciou. Ao reproduzir o conteúdo do Correio, o Diário de Pernambuco omitiu trechos em que o magistrado era citado. Já um post a esse respeito publicado pelo Blog do Jamildo ficou pouco tempo no ar (veja aqui e leia o post:  http://dialogica.tk/1o7Xl6P ). Este caso foi explicitado pelo OmbudsPE (veja aqui:  http://dialogica.tk/1p6zeAe ); 2 - amparado em inquérito da Polícia Federal relacionado às operações Zelador e Farda Nova, o blog d

Mensalão Pernambucano foi fruto de profusão de Organizações Criminosas, entrelaçadas numa espécie de simbiose que choca porque infinita como o oceano, afirma PF sobre esquema

Imagem
EXCLUSIVO Novos documentos que chegam ao Blog revelam que o esquema desvendado pelo Inquérito 433/2007, da Polícia Federal, também se prestava à compra de legendas partidárias. Outra revelação é sobre o grau de proximidade entre o doleiro Jordão Emerenciado, que pretendia usar dinheiro do esquema para bancar sua candidatura à Câmara do Recife e a de outros políticos de seu partido, inclusive à Prefeitura da capital pernambucana, com o ex-governador Eduardo Campos, a quem chamava de "amigo" e com quem empreendia viagens a São Paulo. (Mesmo com investigações encerradas, o Inquérito 433/2007 vinha se mantendo misteriosamente oculto do conhecimento da opinião pública, por um injustificável e suspeito "sigilo de Justiça", que só se admite quando ainda em curso as investigações ou em casos de delações premiadas. A transparência é a regra no Processo Penal, pois só assim poderá a sociedade fiscalizar se Inquéritos como o 433/2007 não dormitam em gavetas de gabinetes,

Blogueiro marido de vereadora tucana Aline Mariano teve pedido de prisão temporária requerido pela Polícia Federal no Inquérito 433/2007, por formação de quadrilha

Imagem
O Inquérito 433/2007 da Polícia Federal impressiona pela quantidade de pessoas ligadas ao mundo político que aparecem citadas como envolvidas nas mais diversas práticas criminosas. Em um dos trechos dos grampos da Polícia Federal é possível identificar que um blogueiro bastante conhecido em Pernambuco, casado com uma vereadora do Recife, do mesmo partido de um dos chefes do esquema, o ex-vereador de Jaboatão dos Guararapes, Geraldo Cisneiros, chegou a ter pedido de prisão temporária requerido pelo delegado federal que presidia o inquérito, conforme atestam os documentos abaixo colacionados. Pela leitura da transcrições dos grampos, é possível perceber que a vereadora do PSDB tinha conhecimento dos fatos. O escandaloso caso de corrupção que vem à tona com as revelações do Inquérito 433/2007, já está sendo chamado de Mensalão Pernambucano, dada a continuidade das práticas criminosas por longos anos e o desvio de recursos públicos para financiamento de campanhas eleitorais e enriquecimen

MENSALÃO PERNAMBUCANO: MPF/PE esclarece sobre apurações a esquemas criminosos no estado

Imagem
O Ministério Público Federal, em Pernambuco, divulgou nota, na noite de ontem, esclarecendo que quem está responsável, desde o ano passado pelo Inquérito que apura o maior escândalo de corrupção de todos os tempos em nosso Estado, denunciado por nosso Blog, com exclusividade e solenemente ignorado pelos órgãos locais da imprensa, é o Ministério Público Estadual. Com a palavra o Dr. Aguinaldo Fenelon, Procurador Geral de Justiça: 9/10/2014  Esclarecimentos dizem respeito a informações divulgadas na internet Com relação a informações recentemente divulgadas na internet, a respeito de apurações relativas às Operações Zelador e Farda Nova, o Ministério Público Federal  em Pernambuco (MPF/PE) esclarece que:
  ▪        o Inquérito da Polícia Federal nº 433/2007, que inicialmente tinha por objeto apurar todas as supostas irregularidades relativas às operações em questão, passou a tramitar na Justiça Estadual, consequentemente com atuação do Ministério P

MENSALÃO PERNAMBUCANO: ROMERO PONTUAL É O HOMEM FORTE DO PSB, CONCLUI POLICIA FEDERAL

Imagem
EXCLUSIVO Relatório produzido pela Polícia Federal, no âmbito do Inquérito nº 433/2007, já em poder da Procuradoria da República, em Pernambuco, desde 2013, conclui que Romero Pontual, apesar de exercer apenas a função de presidente da CEASA, "é homem forte do PSB", possuindo "muitas conexões com pessoas das mais diversas camadas sociais. Transitando nas mais altas rodas do poder governamental estadual e federal bem como no meio empresarial. Por conta disto, costuma intermediar negociações entre governo e empresários. Tem um negócio de fornecimento de alimentação com o filho, ROMERINHO, e o sobrinho GUILHERME (GUEGO). Das conversas flagradas pelos agentes da Polícia Federal, mediante escutas telefônicas autorizadas pela Justiça, é possível constatar a ascendência do "homem forte do PSB", Romero Pontual, sobre vários outros nomes do Partido que exerceram cargos de relevância no governo Eduardo Campos, inclusive sobre o recém eleito governado Paulo Câmara

GRAMPOS DA PF REVELAM LAVAGEM DE CAPITAIS PARA FINANCIAR CAMPANHAS TUCANAS EM PERNAMBUCO

Imagem
EXCLUSIVO Inquérito 433/2007, da Polícia Federal, em mãos do Ministério Público Federal, desde 2013, revela escandaloso esquema de lavagem de capitais, oriundo de fraudes em licitações, nos mais diferentes órgãos do governo do Estado, no crédito consignado, fundos de pensão e jogo do Bicho, envolvendo parlamentares e dirigentes do PSDB pernambucano.  O doleiro Jordão Emerenciano, então dirigente do PSDB local e pré-candidato à vaga de vereador do Recife, funcionava como uma espécie de Alberto Youssef de políticos, empresários e contraventores pernambucanos, ainda mais audacioso, pois diferentemente de Youssef, pretendia, com o dinheiro do esquema, ele mesmo, seguir carreira política, na Câmara do Recife, por sua legenda, o PSDB e ainda bancar a candidatura do ex-deputado federal, do PSDB, hoje filiado ao PSB, Bruno Rodrigues, à prefeitura da Capital pernambucana.  O envolvimento de Jordão Emerenciano com o ex-tesoureiro de campanha do finado ex-governado de Pernambuco Eduardo

SECRETÁRIO TUCANO DO GOVERNO EDUARDO CAMPOS RECEBERIA PROPINA DE 5%, APONTAM GRAMPOS DA POLICIA FEDERAL

Imagem
EXCLUSIVO "PEDRO EURICO, que é o foda,  que foi quem abriu tudo, eu acertei com ele 5%." SAIBA MAIS http://noeliabritoblog.blogspot.com.br/2014/10/mensalao-pernambucano-grampos-da-pf.html

MENSALÃO PERNAMBUCANO: GRAMPOS DA PF REVELAM ESQUEMA MILIONÁRIO OPERANDO DURANTE ANOS DENTRO DO GOVERNO EDUARDO CAMPOS COMANDADO POR TESOUREIRO DO PSB E TUCANO

Imagem
EXCLUSIVO Grampos realizados pela Polícia Federal, com autorização da justiça, dentro das Operações “Farda Nova” e ”Zelador”, iniciadas ainda em 2007, para investigar ações do doleiro Jordão Emerenciano, com o “Jogo do Bicho” (objeto da Operação "Zebra"), acabou por flagrar a intensa atividade de tráfico de influência, lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva, de políticos e empresários, dentro do governo Eduardo Campos e até do que nas conversas se chamou de negócios com “petróleo”.  Dentre os flagrados pelos grampos da Polícia Federal, destacam-se, pela desenvoltura com que operavam e direcionavam licitações e negócios de empresários em SUAPE, em troca de comissões que chegavam a 35% do valor contratado pelas mais diversas secretarias e órgãos do Governo do Estado de Pernambuco, o ex-vereador de Jaboatão dos Guararapes, Geraldo Cisneiros, hoje um dos coordenadores da campanha de Aécio Neves, em Pernambuco e extremamente ligado a tucanos da mais alta p