Postagens

DESTAQUE

Fortaleza será a próxima cidade a ter faixas de pedestres coloridas em projeto de visibilidade LGBTQI+

Imagem
Foto: Reprodução  Projeto articulado pelo Mães pela Diversidade junto a uma marca de roupas foi iniciado no município de Sobral e deve chegar às ruas de Fortalezas em breve O município de Fortaleza será o próximo do Ceará a instalar faixas de pedestres com a cores da bandeira LGBTQI+. A ação, iniciada no município de Sobral, faz parte de um projeto do Mães pela Diversidade, em parceria com a marca T-Shirt in Box, com intuito de dar visibilidade à luta da comunidade. “A ação não muda a realidade dos LGBTQIA+, mas busca trazer uma reflexão sobre o nosso papel perante a sociedade. Nosso desejo é viver em uma sociedade mais justa, igualitária e sem nenhuma forma de violência e preconceito. Estamos muito orgulhosos e felizes em ver esse projeto ganhar forma”, destaca a proprietária da marca de roupas, Rhasny Roque, responsável pela direção criativa do projeto. Segundo Diego Gregório, representante do Mães pela Diversidade, a cidade de Fortaleza, com apoio da Autarquia Municipal de Trânsito

STF fixa competência da Justiça Federal do DF para julgar processos contra ex-presidente Lula. Corte também confirmou parcialidade do ex-juiz Sergio Moro

Imagem
Fotomontagem: Wilson Dias/Agência Brasil Nesta quinta-feira (22), o Plenário concluiu os julgamentos em que foram declaradas a incompetência do juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba (PR) e a parcialiade do ex-juiz Sergio Moro. Com as decisões, Lula restabelece seus direitos políticos e deve ser o candidato do PT à sucessão de Jair Bolsonaro.  O Supremo Tribunal Federal (STF) definiu, na tarde desta quinta-feira (22), que cabe à Justiça Federal do Distrito Federal julgar os processos contra o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva relativos aos casos do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e do Instituto Lula. Por maioria, a Corte negou provimento a recurso (agravo regimental) interposto pela Procuradoria-Geral da República (PGR) no Habeas Corpus (HC) 193726. A decisão foi tomada na conclusão da parte remanescente do julgamento iniciado na semana passada. Em 15/4, o Tribunal manteve decisão do relator do HC,

PDT contrata João Santana, marqueteiro das campanhas que elegeram Lula e Dilma. Vice-prefeita do Recife comemora: "Boa!"

Imagem
Imagem: Reprodução/Instagram Pelo menos dois militantes pedetistas de Pernambuco comemoraram a contratação: o ex-candidato a Prefeito de Olinda, Guto Santa Cruz e a vice-prefeita do Recife, Isabela de Roldão.   Por meio do perfil pessoal do pré-candidato à presidência da República, Ciro Gomes, o PDT anunciou a contratação do marqueteiro João Santana, que foi o responsável pelas campanhas de Lula e Dilma, pelo PT, que, como todos sabem, foram vitoriosas.   Apesar de fazer constar na legenda da foto que a contratação de Santana, que chegou a ser alvo da Lava Jato, tendo celebrado acordo de colaboração premiada, seria para melhorias na comunicação do Partido, ninguém duvida que a contratação já seja com vistas à candidatura de Ciro Gomes, que tem intensificado seus ataque ao ex-presidente Lula, também pré-candidato à Presidência, depois de ter restabelecido seus direitos políticos pelo STF. Pelo menos dois militantes pedetistas de Pernambuco comemoraram a contratação: o ex-candi

MPCE vai investigar radialista cearense por homofobia. Denúncia foi encaminhada pelo Fórum Cearense LGBT

Imagem
Foto: Reprodução Segundo o presidente do Sindjorce, Rafael Mesquita, as emissoras de rádio e televisão são concessões públicas e têm, portanto, “obrigação de respeitar os direitos humanos, a Constituição e os princípios de igualdade entre todos e todas. O que o radialista fez foi uma agressão frontal à dignidade humana”. Por meio de uma postagem no Twitter, o suplente de deputado estadual, pelo PSOL, Ari Areia, informou que o Ministério Público do Ceará teria acolhido representação do Fórum Cearense LGBT, do qual Areia faz parte, contra o radialista Paulo Oliveira por crime de homofobia.  Segundo Areia, "Em seu programa ao vivo, em março, ele achou ok dizer que casais gays não são 'normais' e incentivou que estabelecimentos discriminem LGBTs". As declarações de Oliveira, que é um dos campeões de audiência da Rádio Verdes Mares, integrante do Sistema Verdes Mares, composto ainda pelo jornal Diário do Nordeste e pela TV Verdes Mares, afiliada da Rede Globo, no Ceará

Liberdade de Expressão: Inquérito contra professora responsável por outdoor que chamava Bolsonaro de "Senhor da Morte" é arquivado

Imagem
Foto: Reprodução A pedido do Ministério Público Federal, o juiz da 15ª Vara Federal de Brasília Francisco Codevila arquivou um inquérito aberto pela Polícia Federal para investigar uma professora que veiculou um outdoor em Recife acusando o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de responsabilidade em 120 mil mortes, até aquele momento, pela pandemia da Covid-19. O outdoor, veiculado em setembro de 2020, dizia: "O senhor da morte chefiando o país", citando em seguida as mortes ocorridas pela Covid-19 . Encerrava com a frase "#forabolsonaro". O inquérito foi aberto pela PF após um pedido do então ministro da Justiça André Mendonça, que encaminhou uma solicitação do próprio presidente Jair Bolsonaro, acusando os responsáveis pelo outdoor de terem cometido crime contra a honra. A procuradora Melina Castro Montoya Flores pediu o arquivamento da investigação , apontando que o outdoor tinha objetivo de manifestar a crítica política contra o presidente, permitida pela Co

MPF processa Abraham Weintraub por improbidade administrativa. Ex-ministro propagou mentiras e ofensas contra universidades públicas, diz o MP

Imagem
Foto: Dida Sampaio/Estadão   O Abraham Weintraub propagou "fake news" contra as universidades públicas enquanto era Ministro da Educação, aponta o Ministério Público Federal   O Ministério Público Federal (MPF) acionou o ex-ministro da Educação Abraham Weintraub por improbidade administrativa. Ele é acusado de atentar contra princípios da Administração Pública como moralidade, honestidade e lealdade às instituições. O processo aponta reiteradas declarações de Weintraub sobre as universidades públicas brasileiras, enquanto era titular da pasta. Um conjunto de afirmações dolosamente incorretas ou distorcidas que, para o MPF, tiveram o claro propósito de desacreditar o serviço prestado por essas instituições de ensino. Se condenado, o ex-ministro pode ter seus direitos políticos suspensos e ser obrigado a pagar multa. Na peça enviada à 3 ª Vara de Justiça federal, o MPF relata as acusações inverídicas, proferidas pelo então ministro, a respeito das universidades públicas no paí

Prefeitura do Recife recebeu R$ 123 milhões em verbas federais para combate à pandemia, em 2020

Imagem
O Hospital Provisório da Rua da Aurora foi um dos que teve seu custeio bancado por verbas federais (Foto:Divulgação/PCR) O valor de R$ 77 milhões teria sido gasto com "custeio". Não há, porém, detalhes sobre em que despesas específicas esses recursos teriam sido aplicados.   Dados disponíveis no Portal da Transparência da Prefeitura do Recife revelam que apenas para o combate à pandemia do coronavírus, foram depositados na conta do Município, pelo Governo Federal, a quantia de R$ 123 milhões. Dentre as despesas custeadas pela verba federal constam gastos em torno R$ 28 milhões com hospitais de campanha e filantrópicos, além de R$ 5 milhões para aquisição de medicamentos.  O valor de R$ 77 milhões teria sido gasto com "custeio". Não há, porém, detalhes sobre em que despesas específicas esses recursos teriam sido aplicados. Imagem: Portal da Transparência da PCR