Ex-prefeito de Sertânia Guga Lins que coordenou a campanha de Bruno Araújo é preso em operação de combate à corrupção da Polícia Civil

Ex-pefeito de Sertânia, preso hoje pela Polícia Civil, é do PSDB e foi coordenador da campanhadobexex-ministro Bruno Araújo ao senado 


A Secretaria de Defesa Social, através da Polícia Civil de Pernambuco, no âmbito do Pacto pela Vida, deflagrou na manhã desta quinta-feira (4), a 57ª Operação de Repressão Qualificada do ano, denominada "RES PUBLICAE”, vinculada à Diretoria Integrada do Interior 2 – DINTER 2, decorrente de investigação realizada pelo Delegado Ubiratan Rocha, titular da 167ª Circunscrição Policial, vinculada à 20ª DESEC – Afogados da Ingazeira-PE.

A investigação teve início no ano de 2017, com objetivo de desarticular organização criminosa voltada para a prática dos crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, peculato e organização criminosa.

Durante a operação, foram cumpridos 06 (seis) mandados de prisão e 10 (dez) mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juiz da Primeira Vara da Comarca de Sertânia-PE.

Além do ex-prefeito de Sertânia, Guga Lins, foram presos o ex-secretário de Saúde, Antônio Carlos (residente em Afogados da Ingazeira) e outro ex-secretário.

A Policia confirmou que durante as buscas foram apreendidos do ex-secretário de Saúde  euros, armas e indicios dr lavagem de dinheiro.

Para a execução dos mandados foram empregados 70 Policiais Civis, entre Delegados, Agentes e Escrivães. A Operação está sendo coordenada pela Diretoria Integrada do Interior – 2 e supervisionada diretamente pela Chefia da Polícia. As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco – DINTEL, LAB – Laboratório de Lavagem de Dinheiro e a Diretoria de Inteligência do Estado de Alagoas.

MAIS VISITADAS DO MÊS

Exclusivo: Polícia Civil de Pernambuco prende maior estelionatário do Nordeste. Hacker, que estava foragido, foi preso pela Delegacia do Cordeirro. Golpes ultrapassam a casa dos R$ 100 milhões

Exclusivo: Saiba quem são todos os 41 alvos das Operações Casa de Papel e Antídoto, deflagradas hoje, pela PF, e que também teve como alvos as Prefeituras do Recife, do Cano, de Paulista e de Olinda

Advogado dos Bolsonaro, Wasef, teve pedido de prisão em inquérito que investigou seita satanista suspeita de matar crianças em rituais. Seita tinha integrantes também em Pernambuco

DRACCO faz operação contra Sebastião Figueroa, maior fornecedor de produtos gráficos para políticos e governos em Pernambuco. Veja as imagens exclusivas do Blog da Noelia Brito

Covidão: PF faz buscas nas Prefeituras do Recife, Paulista, Cabo e Olinda contra corrupção na pandemia